Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Grupo Marte faz vistoria no TCE-AM e descarta bomba

    O TCE-AM solicitou apoio da SSP para a ação, após receber denúncia da existência de uma bomba no local - Divulgação/TCE

    A pedido do presidente do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), conselheiro Ari Moutinho Júnior, homens do Grupamento de Manejo de Artefatos de Explosivos (Marte) da Polícia Militar realizaram, na manhã desta segunda-feira (23), uma varredura nos prédios que compõem o complexo da Corte de Contas, situado na avenida Efigênio Salles (antigo V8), e descartaram a existência de artefatos no local.

    Atendida de imediato pelo secretário de Segurança Pública (SPP), Sérgio Fontes, a solicitação foi feita após uma denúncia da existência de uma bomba nas dependências do TCE.

    “Recebemos a informação da possível bomba e, por segurança, tomamos as medidas cabíveis para resguardar os nossos servidores. Fizemos a vistoria e nada foi encontrado, graças a Deus”, comentou o conselheiro, ao destacar o apoio da SSP.

    A varredura, realizada por dois homens do Grupo Marte, foi acompanhada pela Diretoria de Assistência Militar do TCE e percorreu os gabinetes dos conselheiros, auditores e dos procuradores do Ministério Público de Contas, além do plenário do TCE-AM, onde são realizadas as sessões plenárias.

    Com informações da assessoria

    Mais lidas

    1. Entenda como são feitas as buscas por vítimas de afogamento no Amazonas

    2. Procuradores repudiam ataques de defensor público no AM e divulgam nota

    3. Saiba como funciona a tarifa de esgoto em Manaus

    4. Aprovados no concurso do TJAM pedem nomeação e marcam protesto

    5. Evento internacional sobre reprodução de peixes será realizado em Manaus