Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Acusado de matar homossexuais, fugitivo do Compaj é recapturado

    Jucenildo negou todos os crimes e disse que, na época, assumiu a autoria dos assassinatos porque foi torturado pela polícia - Ana Sena

    Jucenildo Soares Damasceno, o "Dunga", 21, foi recapturado na manhã desta quarta-feira (15) na rua Lobo Guará, comunidade Nobre II, bairro Santa Etelvina, Zona Norte da cidade. Ele, que é fugitivo do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) desde a rebelião do dia 1º de janeiro, foi detido enquanto dormia na casa da namorada.

    De acordo com a polícia, "Dunga" é acusado de dois homicídios e dois latrocínios (roubo seguido de morte) cometidos contra homossexuais. Jucenildo também é suspeito de matar um estudante de jornalismo.

    Em depoimento, "Dunga" negou todos os crimes e disse que, na época, assumiu a autoria dos assassinatos porque foi torturado pela polícia. Ele disse ainda que fugiu do Compaj pelo muro do presídio no momento em que ouviu os tiros, ainda no início da rebelião.

    https://youtu.be/U8nsAs-_KLA

    Ana Sena
    EM TEMPO