Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Mãe promove campanha para comprar carro de bebê para filha com microcefalia

    Além de Maria Fernanda, Helen é mãe de Fernando Chrystopher. Ela não tem o apoio do pai dos filhos, com quem foi casada durante seis anos - Fotos: Arquivo Pessoal

    Mãe de Maria Fernanda Ester, de 11 meses, Helen Lima de Souza, 32, deu início a uma campanha de arrecadação de roupas, calçados e acessórios para realizar um brechó solidário. O objetivo do evento é alcançar o valor referente à compra de um carro de bebê adaptado para ajudar na locomoção da menina, que tem microcefalia.

    Com 21 semanas de gestação, Helen descobriu que a criança apresentava microcefalia. Depois do nascimento, Maria Fernanda foi diagnosticada com Encefalocele Rota e também Agenesia de Couro Cabeludo.

    “A Encefalocele é quando o crânio não fecha na parte de trás, deixando o cérebro exposto e malformado. Isso acabou ocasionando a falta de visão. Ainda assim, Maria sempre foi guerreira. Com cinco dias de vida, passou por uma cirurgia para o fechamento do crânio. Nessa época, tínhamos que voltar ao hospital a cada dois dias para curativos”, contou a mãe da menina.

    Atualmente, Maria Fernanda tem acompanhamento multidisciplinar por meio do Sistema Único de Atendimento (SUS). Desde os dois meses, ela faz estimulação precoce com fisioterapeuta, fonoaudiólogo, terapeuta ocupacional, pediatra, neurologista e nutricionista. A menina já pesa 12kg e mede 67cm, o que vem dificultando a locomoção das duas para os demais locais de tratamento.

    “A fisioterapia deveria ser todo os dias, mas não dá. Então, pelo menos quatro vezes na semana, eu saio com ela, mas já encontro muita dificuldade. Às vezes tenho que pegar até três ônibus e, como ela é um bebê grande, não dá para carregar direito. É uma luta diária”, falou Helen.

    Formada em Educação Física, mas sem exercer a profissão, a mãe de Maria Fernanda se dedica, exclusivamente, a cuidar da menina e do primogênito, Fernando Chrystopher, 5, sozinha. Sem apoio do pai dos filhos, com quem foi casada durante seis anos, ela recebe ajuda das tias e do avô paterno das meninas. Mesmo com as dificuldades, Helen ressalta que busca dar o melhor para os filhos55.

    “Hoje vivemos com o auxílio que a Maria Fernanda recebe. Ela é ótima. Meu filho é uma criança inteligente e que me ajuda muito. Se ela faz um barulho diferente, ele corre para ajudar. Eu amo demais os meus filhos e decidi lutar por eles. Se o pai não está presente, eu faço as coisas por mim e por ele”, destacou a mãe.

    A campanha

    Helen pede que as pessoas que tiveram roupas, sapatos, bolsas, entre outras peças e acessórios, em bom estado, doem os produtos para que ela realize um brechó. O material pode ser entregue na rua 05, quadra 04, casa 01, no bairro Santo Agostinho, Zona Oeste de Manaus. Quem não puder entregar, pode entrar em contato pelos telefones (92) 992306470 (Vivo) e (92) 981450951 (Tim).

    A verba arrecadada será para a compra de um carro de bebê adaptável, do modelo que suporta até 50kg para, segundo Helen, prevenir problemas que Maria possa vir a enfrentar no futuro referentes à locomoção. O modelo do carro custa, em média, R$ 10 mil.

    “Eu tenho esperança que ela ande e fale, mas é preciso que a Maria Fernanda passe pelo tratamento adequado. O carro vai ajudá-la a ficar com postura, tanto deitada como sentada, coisas que no colo ela não tem. Quanto antes ela ficar numa posição boa, menos mal estou causando para o futuro dela”, frisou Helen.

    Quem quiser fazer doações em dinheiro pode depositar ou transferir a quantia para o Banco Bradesco, agência 3736, conta corrente: 14356-1, no nome de Helen Lima de Souza.

    Manoela Moura
    EM TEMPO