Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Homem mata companheira e depois se suicida na Zona Norte

    A dona de casa foi estrangulada pelo marido - Marcos Lima

    O desempregado Osvaldo Ferreira Pontes, 34, assassinou a mulher dele, a dona de casa Priscila da Cunha Lima, 30, e cometeu suicídio, por volta das 15h, desta quinta-feira (9). O crime ocorreu na frente da filha do casal, uma menina de apenas 4 anos, que chamou por socorro. O caso ocorreu na rua Arminda Nazaré, bairro Cidade de Deus, Zona Norte.

    A filha da vítima viu quando pai a matou e depois cometeu o suicídio - Arquivo Pessoal

    Familiares de Priscila acreditam que a motivação tenha sido por conta do envolvimento de Osvaldo com o consumo de drogas. "Ele estava devendo mais de R$ 2 mil para os traficantes daqui do bairro. Na última terça ele até saiu daqui com medo de morrer. Eles devem ter brigado e ele acabou cometendo essa barbaridade", disse o padrasto da dona de casa, o técnico em refrigeração Jearlison Calvet Moreira, 30.

    De acordo com o tenente Leonardo Pessoa, da 13ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), a dona de casa estava estrangulada.

    "Quando chegamos ao local, encontramos a mulher no chão, cheia de hematomas pelo corpo e com um cinto enrolado no pescoço dela. Já o marido estava enforcado com uma corda no gancho da rede do quarto", descreveu o PM.

    Os corpos do casal foram encaminhados ao Instituto médico legal (IML) e o caso foi registrado no 13º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

    Luís Henrique Oliveira

    EM TEMPO