Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Via Sacra reúne 5 mil fiéis nesta Sexta-Feira Santa

    As celebrações da sexta santa seguem durante todo o dia - Janailton Falcão

    Aproximadamente cinco mil fiéis participaram da Via-Sacra na manhã desta Sexta-feira Santa (14) em Manaus, segundo a Polícia Militar. O percurso relembra, por meio da encenação em 14 estações, o martírio de Jesus Cristo ao carregar a cruz rumo ao calvário. A caminhada teve início na Catedral Nossa Senhora da Conceição, no Centro, e seguiu até o Santuário de Fátima, localizado no bairro Praça 14, Zona Sul.

    A caminhada relembra o sofrimento de Jesus até o Calvário - Janailton Falcão

    Segundo o Arcebispo Metropolitano de Manaus, Dom Sérgio Castriani, o evento representa a caminhada, o sofrimento de Jesus e também da humanidade.

    "O sofrimento faz parte da vida. Esse é o momento de lembrança da trajetória de Cristo, com personagens, palavras e o exemplo que ele deu para nós. Um momento importante para nossa fé", explica.

    O pároco da catedral, padre Hudson, falou sobre a expectativa de participar pela primeira vez da Via-Sacra à frente da Matriz. Ele destacou ainda a importância de abordar o tema da Campanha da Fraternidade deste ano, "Biomas Brasileiros e Defesa da Vida", durante a celebração.

    "Gosto muito de caminhadas, das tradições, de estar próximo das pessoas. Além disso, é uma oportunidade de tratar de temas da sociedade, como a Campanha que destaca que temos que cuidar da nossa casa comum", salienta.

    Karine Pereira da Silva, 24, e sua família - Manoela Moura

    Durante o trajeto, homens e mulheres de todas as idades acompanharam a celebração. Entre eles, a estudante Karine Pereira da Silva, 24, que veio como marido e o filho de três meses. Ela contou que, quando criança, participava da caminhada por incentivo da mãe, e agora passa a tradição aos filhos.

    "Venho de uma família muito religiosa, que sempre participa dos eventos da igreja. Hoje vim relembrar a trajetória de Cristo. É um momento de refletir nas nossas ações e aproveitar para orar pelo mundo e pelas pessoas", disse.

    Mais de cinco mil pessoas acompanharam a encenação - Manoela Moura

    Outra fiel que pode reuniu toda a família para a celebração é a aposentada Elza Souza Cruz, 88, que foi acompanhada de netos, filhos e noras.

    "Vim por causa de Jesus, temos que sofrer junto com ele. Estar aqui dá até vontade de chorar de emoção. É um momento de pensar no sacrifício dele. Ele nos salvou, abençoou e perdoou", relatou emocionada.

    A programação desta sexta-feira continua pela tarde, com a celebração da Paixão do Senhor, no Santuário de Fátima, a partir das 15h. Em seguida a procissão do Senhor Morto, rumo a Catedral, e às 16h é a meditação das sete dores de Nossa Senhora, no mesmo local.

    Manoela Moura
    EM TEMPO