Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Prefeitura lança programa que ajuda servidor a conquistar casa própria

    A subsecretaria responsável pelo projeto prometeu finalizá-lo antes do término da gestão de Arthur Neto - Divulgação

    No Dia do Trabalhador a Prefeitura de Manaus lançou um programa habitacional destinado aos seus servidores públicos. O programa está vinculado ao Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal, e vai oferecer condições especiais de financiamento para os colaboradores municipais que não tem casa própria.

    O programa Habitacional do Servidor Público vai ser executado pela Subsecretaria de Habitação e Assuntos Fundiários (Subhaf), vinculada à Casa Civil do Município. As unidades habitacionais têm valores diferenciados e se destinam a funcionários com renda entre R$ 1.801,00 até R$ 9.000,00.

    Alguns dos diferenciais durante a compra do imóvel são o desconto no valor da entrada e a possibilidade de até parcelar o valor até a entrega do imóvel. Além da redução da burocracia. É a construtora que vai até o pretendente e facilita a compra, sem perda de tempo.

    Servidores públicos municipais ativos e inativos, efetivou ou celetistas, RDAs e até mesmo comissionados podem participar do programa. Os interessados devem procurar o setor de recursos humanos de sua secretaria e pedir a inclusão de seu nome no programa. Os contemplados vão começar a receber os imóveis em fevereiro de 2018.

    Quem for se candidatar também não pode ter o nome negativado e não pode ser beneficiários de outros programas públicos de habitação. A seleção dos beneficiários será feita pelo agente financeiro que vai disponibilizar o crédito, de acordo com as regras do Minha Casa Minha Vida.

    O condomínio popular Manauara 2 foi inaugurado em dezembro do ano passado - Ione Moreno

    Manauara 3

    Outra novidade é o conjunto habitacional Manauara 3, que vai ser desenvolvido ainda na gestão do prefeito Arthur Neto e deve ficar no bairro Novo Israel, Zona Norte. O prazo para a conclusão das obras é de até quatro anos. Os 352 imóveis são de dois ou três quartos e com varanda. O condomínios conta também com áreas de lazer e convívio social.

    "Nossa expectativa é iniciarmos as obras do Manauara 3 em até 90 dias, após a assinatura do termo de convênio com a Caixa Econômica Federal!, disse o subsecretário da Subhaf, Arimatéia Viana.

    Com informações da assessoria