Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Cobra de cinco metros mata cachorro pitbull em Novo Airão

    Uma cobra sucuri, de aproximadamente cinco metros, conseguiu estrangular um cachorro da raça Pitbull, na manhã desta quarta-feira (7), no município de Novo Airão (180 km de Manaus). Moradores da área fotografaram o réptil depois que foi capturado e morto.

    O agente de portaria, Erickson Moraes, 25, que passou pelo local no momento da situação, ficou assustado com o tamanho da cobra e fez fotos para registrar o caso. “Desse tamanho eu nunca tinha visto. Tem muita criança por aqui, ao mesmo tempo que é uma situação curiosa, é preocupante também” disse.

    Moraes conta que o dono do cachorro havia levado o animal para passear e que em determinado momento o soltou para beber água em um igarapé, em uma área de mata, nos arredores do Residencial Peixe Boi. Minutos depois, ao ouvir os latidos do cão, correu para saber o que acontecia. Ao chegar próximo ao riacho, viu que a cobra havia puxado o cachorro para o fundo da água. Ele correu para pedir ajuda, porém não conseguiu resgatar o animal com vida.

    Moradores posaram com cobra após matar o animal - Divulgação

    Os próprios moradores da área conseguiram capturar e matar o réptil. Não há registros do momento em que a cobra atacou o cachorro e o fez submergir. Os moradores apenas enviaram fotos dos rapazes com a cobra morta, para comprovar a captura do animal.

    Crime ambiental 

    Matar cobra é crime ambiental, já que elas são animais silvestres. Quem encontrar uma cobra deve chamar o Corpo de Bombeiros 193 para o resgate do animal. O uso e comércio de animais silvestres é controlado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama).

    De acordo com o artigo 29,  da Lei de Crimes contra o Meio Ambiente, matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, pode ocasionar prisão de seis meses a um ano, além de multa.

    Laize Minelli
    EM TEMPO