Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    ‘Delegado Legal’ alcança mais de 200 mil crianças com palestras e ações socioeducativas

    Ao longo de 2016 e início de 2017, o programa “Delegado Legal”, atingiu cerca de 5 mil crianças - Rafael Queiroz- AdepolAM

    Com intuito de promover ações preventivas, sob as diversas formas de violência, junto às escolas, entidades representativas, bem como da comunidade em geral. O programa “Delegado Legal” alcançou mais de 200 mil crianças, com palestras informativas e atividades socioeducativas. Onde chegou em mais de 35 municípios e obteve a distribuição de 350 mil cartilhas no Estado, por meio dos delegados da Associação de Delegados de Polícia do Estado do Amazonas – ADEPOL/AM.

    O programa foi selecionado pelo Prêmio Innovare em 2015, como uma das melhores práticas em contribuição a justiça do Norte do Brasil e que neste ano de 2017 repete o feito, sendo selecionado novamente a participar do 14º prêmio Innovare de 2017, na categoria justiça e cidadania.

    Ao longo de 2016 e início de 2017, o programa “Delegado Legal”, atingiu cerca de 5 mil crianças com palestras informativas e atividades socioeducativas. A última edição do programa em 2016 foi na Casa Vhida – Associação de Apoio à Criança com HIV, localizada na zona Centro– Oeste de Manaus. Cerca de 100 crianças e adolescentes tiveram a oportunidade de aprender, através de palestras, noções de prevenções em casos que envolvem bullying, por exemplo. O Programa busca formar jovens capazes de obter senso crítico e discernimento sobre variados assuntos, desde a importância do respeito ao próximo a valores familiares, para assim, se tornarem multiplicadores de ações e conhecimento.

    Segundo o delegado de polícia, coordenador do programa “Delegado Legal” e presidente da ADEPOL-AM, Mário Aufiero, o programa é uma iniciativa exclusiva da associação que busca atender a população manauara. “O principal objetivo é mostrar uma nova filosofia de trabalho visando uma polícia moderna, diferente, que não busca apenas reagir, mas realizar ações preventivas, sendo um instrumento de conscientização, além de ser um meio de aproximação da autoridade policial a comunidade”, disse o delegado Aufiero.

    Desde o ano de 2016 o programa alcançou o seu objetivo, que é levar com didática diferente diversos assuntos de interesse da sociedade e conseguindo conversar com muitos jovens e abordando temas da atualidade como as drogas, violência e bullyng, além de contar com a ampla participação dos delegados na exposição de várias palestras.

    Para o delegado palestrante da ADEPOL-AM, João Victor Tayah, o programa delegado legal tem sido bem-sucedido, pois tem conseguido expor com muita profundidade temas sociais e temas jurídicos relacionados a profissão daqueles que estudam o direito ou tem interesse de ingressar na carreira policial. “ O programa vem sendo bem aceito, já estivemos até participando de atividades jurídicas em universidades. Ministramos palestras na Ufam, UEA e também no Experience Day na faculdade Martha Falcão, onde estivemos em um stand de apresentação que mostrava um local de um crime e tínhamos que contar qual era o papel do delegado no local do crime”, salientou o delegado João que se sente satisfeito em participar do programa e ministrar palestras as crianças, adolescentes e adultos.

    Na próxima semana, dia 10, o Delegado Legal, passará por mais uma etapa do “14º Prêmio Innovare” que tem como objetivo identificar, divulgar e difundir práticas que contribuam para o aprimoramento da Justiça no Brasil.

    Participam das Comissão Julgadora do Innovare ministros do STF e STJ, desembargadores, promotores, juízes, defensores, advogados e outros profissionais de destaque interessados em contribuir para o desenvolvimento do nosso Poder Judiciário.

    Com informações da assessoria