Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Operação "Chapa Quente": Juizado da Infância e Juventude divulga balanço final

                   A operação foi realizada nos dias 27, 28 e 29 de junho em uma ação conjunta - Arquivo/ AET

    O Juizado da Infância e da Juventude Infracional (JIJI) da Comarca de Manaus intimou oito proprietários de barcos e lavrou cinco autos de infração nos três dias da operação "Chapa Quente". Os profissionais vistoriaram 30 embarcações que saíram de Manaus com destino ao município de Parintins (distante 369 quilômetros de Manaus) para verificar possíveis irregularidades envolvendo crianças e adolescentes.

    A operação foi realizada nos dias 27, 28 e 29 de junho, em uma ação conjunta que reuniu o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), o 9º Distrito Naval da Marinha do Brasil, a Capitania Fluvial, a Polícia Civil, o Conselho Tutelar, a Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente, a Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social, Direitos Humanos e outros órgãos.

    Conforme o diretor do Comissariado do JIJI, inspetor-geral Elcio Oliveira Simões, os números são superiores aos registrados no ano de 2016. “Naquele ano fiscalizamos 26 barcos, lavramos duas autuações e intimamos nove proprietários de embarcações".

    Todavia, por conta do trabalho intenso de orientação, notamos neste ano um maior rigor dos proprietários de embarcações, que estão mais atentos às normas de segurança e à questão documental dos passageiros, especialmente quando estes são crianças ou adolescentes”, disse o diretor.

    Élcio Oliveira Simões explicou que o trabalho de fiscalização realizado todos os anos às vésperas do Festival Folclórico de Parintins visa reduzir a incidência de casos de exploração sexual infanto-juvenil e combater a venda de bebidas alcoólicas para este público.

    Com informações da assessoria