Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Polícia fiscaliza 318 bares durante a operação 'Lei Seca' em toda Manaus

    Dos 318 bares fiscalizados, 94 estão situados na Zona Norte, 75 na Zona Leste, 63 na Zona Sul, 47 na Zona Centro-Oeste, 21 na Zona Centro-Sul e 18 na Zona Oeste - Fotos: Erlon Rodrigues/Pc-AM

    A Polícia Civil do Amazonas fiscalizou na madrugada deste domingo (27), das 2h às 4h, 318 bares situados em zonas distintas da capital durante a deflagração da operação “Eleição Estadual Suplementar 2017 – Segundo Turno”, que reuniu 138 policiais civis. Ao longo da ação, um homem de 34 anos foi conduzido ao 9º Distrito Integrado de Polícia (DIP), na Zona Leste, onde assinou Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por desacato e desobediência.

    Dos 318 bares fiscalizados, 94 estão situados na Zona Norte, 75 na Zona Leste, 63 na Zona Sul, 47 na Zona Centro-Oeste, 21 na Zona Centro-Sul e 18 na Zona Oeste.

    Os trabalhos foram coordenados pelo delegado-geral da Polícia Civil do Estado, Frederico Mendes; delegado-geral adjunto da instituição, Ivo Martins, e pelo diretor do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), delegado Geraldo Eloi. Segundo Boletim de Ocorrência (BO) registrado no 9º DIP na madrugada deste domingo (27), por volta das 2h45, um homem foi levado à delegacia após tumultuar o trabalho dos policiais civis.

    Leia também: Eleição suplementar: lei Seca fecha 126 bares na madrugada de domingo em Manaus

    Um homem de 34 anos foi conduzido ao 9º DIP, na Zona Leste, por desacato e desobediência

    “A ocorrência aconteceu em um bar localizado na rua Itajiba, primeira etapa do bairro São José Operário, Zona Leste. Na ocasião, o infrator, visivelmente embriagado, ficou alterado com a presença dos policiais no estabelecimento comercial e, por conta disso, assinou TCO por desacato e desobediência. Em seguida ele foi liberado”, explicou o diretor do DPM.

    Conforme o delegado Geraldo Eloi, a ação policial teve por objetivo orientar os proprietários e responsáveis por bares e estabelecimentos comerciais, de um modo geral, sobre a proibição do consumo de bebidas alcoólicas em bares, restaurantes, supermercados, mercearias e estabelecimentos similares, bem como em locais abertos ao público no Amazonas, das 2h às 18h deste domingo (27), quando acontece o segundo turno da eleição suplementar em todo o Estado.

    Leia também: Com bandeira da restauração política, Amazonino vota e diz que não fugiu de adversário

    Reforço

    Na capital, as ações em torno do pleito eleitoral iniciaram neste sábado (26). O 24º e 29º DIPs, situados, respectivamente, nos bairros Centro e Mauzinho, funcionaram das 8h às 17h, com atendimento exclusivo a ocorrências relacionadas a crimes eleitorais. Segundo levantamento realizado pela equipe do DPM, as referidas unidades policiais não tiveram registros no sábado relacionados à eleição suplementar.

    Ao longo deste domingo, das 8h às 18h, 193 servidores estão escalados para trabalhar nos 30 DIPs da capital. As delegacias que funcionam como centrais de flagrantes, 1º, 6º, 9º, 10º, 12º, 14º, 15º e 19° DIPs, além da Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher (DECCM), Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) e Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai) continuarão funcionando 24h.

    Na capital, as ações em torno do pleito eleitoral iniciaram neste sábado (26)

    Leia também: Muda horário da Lei Seca durante eleição no Amazonas

    Ainda durante o pleito estadual, das 7h às 18h, as delegadas Débora Mafra e Déborah Barreiros, acompanhadas de um escrivão, cada, irão trabalhar no Juizado Especial do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), posicionado nas dependências da Universidade Nilton Lins, situada na avenida Professor Nilton Lins, conjunto Parque das Laranjeiras, bairro Flores, Zona Centro-Sul.

    No Centro Integrado de Comando e Controle do Amazonas (CICC-AM), localizado na avenida André Araújo, bairro Aleixo, Zona Centro-Sul, os delegados Raphael Campos e Ricardo Homero Seixas estarão revezando os plantões, das 7h às 19h, neste domingo. Outros 10 servidores irão trabalhar com apoio operacional na base do DPM, na Delegacia Geral, Zona Centro-Oeste da cidade.

    Leia também: ‘Se eleito, romperei contrato com Umanizzare’, confirma Eduardo Braga

    Nos municípios do interior do Estado, o diretor do DPI, delegado Mariolino Brito, informou que um efetivo de 97 policiais civis, entre delegados, escrivães e investigadores, lotados nos DIPs da capital, foram enviados, desde a última segunda-feira (21), para reforçar os trabalhos em 39 delegacias do interior durante o pleito. Além disso, dez servidores irão ficar na base do DPI, em Manaus, para auxiliar nas demandas dos municípios. Ainda de acordo com o diretor do DPI, as DIPs do interior irão atuar em ação conjunta com o TRE-AM.

    Os municípios que receberam reforços são: Alvarães, Amaturá, Apuí, Atalaia do Norte, Barcelos, Benjamim Constant, Beruri, Boa Vista do Ramos, Boca do Acre, Caapiranga, Canutama, Carauari, Codajás, Eirunepé, Envira, Fonte Boa, Guajará, Ipixuna, Itamarati, Itapiranga, Japurá, Juruá, Jutaí, Lábrea, Manaquiri, Maraã, Maués, Nhamundá, Novo Aripuanã, Pauini, Santa Isabel do Rio Negro, Santo Antônio do Içá, São Gabriel da Cachoeira, São Paulo de Olivença, Tapauá, Tonantins, Uarini, Urucará e Urucurituba.

    Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Detran-AM intensifica fiscalização da Lei Seca e apreende 25 veículos durante o fim de semana

    Balanço: 72 bares foram fechados em Manaus por conta da ‘Lei Seca’; houve apenas um flagrante por roubo

    Lei Seca: multa ficará mais pesada para quem for pego alcoolizado ao volante

    Mais lidas

    1. Entenda como são feitas as buscas por vítimas de afogamento no Amazonas

    2. Procuradores repudiam ataques de defensor público no AM e divulgam nota

    3. Saiba como funciona a tarifa de esgoto em Manaus

    4. Aprovados no concurso do TJAM pedem nomeação e marcam protesto

    5. Evento internacional sobre reprodução de peixes será realizado em Manaus