Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Polícia apresenta atirador que matou cabeleireiro e divulga identidade do mandante

     

    "A ordem da morte partiu de dentro do sistema prisional, por um preso identificado como José Mateus da Costa Vieira, conhecido como ‘Sapo’”, disse o delegado, Juan Valério, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), sobre o mandante do assassinato do maquiador João Felipe de Oliveira, de 22 anos, ocorrido no dia 30 de agosto dentro de um salão de beleza no Vieiralves, Zona Centro- Sul de Manaus. Devido à rede de relacionamentos que o maquiador e cabeleireiro possuía na capital, o assunto foi amplamente repercutido por meio das redes sociais.

    "Sapo", que está preso na Unidade Prisional do Puraquequara (UPP), na Zona Leste, também é suspeito de matar, em 2011, a irmã de João Felipe, Cristina Martins da Silva. Na época com 14 anos, o maquiador presenciou o crime. A motivação para o assassinato de João Felipe não foi revelada pela Polícia.

    Leia também: Mulher que aparece em vídeo dando apoio ao assassino de cabeleireiro é presa pela PC

    "Temos que ouvir o “Sapo” para saber a motivação desse crime. Se ele realmente é o mandante ou se ordenou a pedido de outra pessoa. Ele comanda o tráfico de drogas no Mauazinho, onde o João e a irmã moravam. O Diego Sabino disse que o João era usuário de drogas, mas ainda não sabemos se a motivação tem alguma relação com o tráfico", disse o delegado, Juan Valério.

     Diego é um homem que aparece no vídeo atirando em João Felipe - fotos: Erlon Rodrigues

    Segundo delegado geral-adjunto Ivo Martins, "Sapo" é um traficante de alta periculosidade. Mesmo dentro da cadeia, lidera o tráfico no bairro Mauazinho, a mando do narcotraficante João Pinto Carioca, o “João Branco”. Ele foi preso em 2015, com 200 quilos de skunk avaliada em mais de R$ 2 milhões.

    O delegado Juan Valério, explicou como ocorreu o ordem de execução. “No dia do crime o Diego recebeu uma ligação com a seguinte frase: ‘O patrão tem um missão para a gente e estou indo te pegar".

    Durante o depoimento do “Sapo”, a Polícia irá verificar se houve motivação pessoal ou se haverá relação com o tráfico. De acordo com o delegado, Diego não recebeu dinheiro para cometer o crime, pois é subordinado ao “Sapo”.

    O delegado deixou um recado para os criminosos. "Todos serão presos onde estiverem escondido, em qualquer buraco que estejam, serão presos"

    Três pessoas envolvidas no crime ainda não foram presas. “Temos que identificar e prender a pessoa que ligou para Diego passando a ordem de “Sapo”, a pessoa que intermediou a participação de Gessica e o suspeito que deu apoio na fuga de Diego no dia do crime”, explicou.

    José Mateus da Costa, que segundo a polícia, é o mandante do crime, está preso na UPP

    Prisão

    Diego, o "Olhão", foi preso na tarde da última segunda- feira (11), na comunidade do Para já, no município de Careiro da Várzea (25 Km de Manaus), durante uma ação conjunta entre policiais civis da Delegacia Especializada em homicídios e Sequestros (Deahs), Delegacia Fluvial (Deflu) e 35° Delegacia Interativa de Polícia (DIP).

    De acordo com a Polícia, o suspeito estava ameaçando moradores da comunidade. No dia da prisão, após sair da casa onde estava escondido, utilizou uma criança como escudo, mas acabou sendo preso em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido no dia 1° deste mês pela juíza Karen Aguiar Fernandes, do plantão criminal.

    Antes de chegar a Diego, a polícia prendeu Gessica Alves Algo, de 24 anos, no último sábado (9), no bairro Amazonino Mendes, na Zona Norte. A suspeita informou que receberia a quantia de R $ 500 para acompanhar Diego até o salão de beleza.

    Diego será levado para o Centro de Detenção Provisório Masculino (CDP), no Km da BR-174, onde ficará à disposição da justiça.

    Mara Magalhães
    EM TEMPO

    Leia mais:

    Câmera de segurança flagra execução de maquiador em salão no Vieiralves

    Mulher que aparece em vídeo dando apoio ao assassino de cabeleireiro é presa pela PC

    Atirador que matou maquiador em salão no Vieiralves é preso em Careiro da Várzea