Fonte: OpenWeather

    Dia A Dia


    Mesmo com prisão decretada, homem que jogou água fervendo no rosto da namorada foge para São Paulo

    O rapaz fugiu na madrugada de quarta-feira, horas depois de ter a prisão preventiva decretada pela Justiça - Divulgação

    Com mandado de prisão preventiva em aberto, o ajudante de caldeira Jeferson Rios da Silva, de 22 anos, conseguiu passar por duas barreiras da Polícia Rodoviária Federal (PRF), comprar uma passagem aérea e fugir para o Estado de São Paulo. O jovem é acusado de queimar o rosto da companheira, uma maquiadora, de 20 anos, com uma panela de água fervendo. O caso aconteceu no último sábado (16), no bairro Galo da Serra, município de Presidente Figueiredo, durante uma briga causada por ciúmes.

    Leia também:  Homem que jogou água fervendo no rosto da namorada continua livre

    A família da vítima, teve que fazer o pepel de polícia, e saiu em busca do paradeiro do suspeito. "Depois que ele teve a prisão decretada na terça-feira (19), procuramos a família dele, que informou que ele estava em Manaus, junto com o advogado e planejava se entregar. Ontem eu saí com um amigo e fomos nos postos da PRF, lá constatamos que não havia nenhum comunicado a respeito do mandado de prisão dele. Eu mesmo tive que deixar uma cópia do documento nas barreiras", relatou o pai da vítima, o técnico agrícola, Daniel Oliveira, 39.

    As buscas continuaram na tarde de ontem, quando o pai e  um amigo da vítima foram até o Aeroporto Internacional de Manaus - Eduardo Gomes e descobriram que Jeferson havia embarcado na madrugada de quarta-feira (20), com destino à São Paulo. "Procuramos a Polícia Federal no aeroporto e novamente descobrimos que não tinha comunicado que o Jeferson estava sendo procurado. Fomos encaminhados até o posto da Policia Civil, os investigadores também não sabiam da situação dele. Fomos no guichê de passagens e descobrimos que ele havia comprado um bilhete e fugido", afirmou Daniel.

    O bilhete obtido pelo pai da vítima comprova a fuga do rapaz - Arquivo Pessoal 

    No bilhete de uma companhia área, é possível verificar que o suspeito  embarcou às 4h45,  fez escala em Brasilia às 08h40 e desembarcou no aeroporto de Guarulhos às 11h da manhã.

    O delegado Valdnei Silva, titular da 37ª Delegacia Integrada de Polícia (DIP) informou que os procedimento foram feitos de maneira correta. "O mandado de prisão preventiva foi decretado pela Justiça e encaminhado à Vara de Registros Públicos, talvez não teve tempo hábil para ser inserido no sistema. Mas estamos trabalhando e fazendo de tudo para realizar a prisão do suspeito", alegou.

    Jeferson se apresentou na última segunda-feira (18), à Polícia Civil, junto com o seu advogado. Na tarde de terça-feira (19) teve a prisão preventiva decretada. O rapaz fugiu na madrugada de quarta-feira (20) e continua foragido.

    Daniel Landazuri
    EM TEMPO

    Leia mais

    Soterramento mata uma adolescente e bombeiros tentam resgatar outro ferido na Zona Norte

    Perseguição ‘cinematográfica’ e tiroteio acabam com morte de suspeito e carro destruído

    Narcotraficante amazonense é procurado pela Interpol