Fonte: OpenWeather

    Gabarito


    Candidatos reclamam de gabarito do concurso da Seduc

    Questões foram embaralhadas e candidatos sentiram dificuldade na hora de conferir as respostas. Instituto nega erro e afirma que havia 238 mil provas diferentes

    Candidatos estão com dificuldades para conferir respostas | Foto: Divulgação

    Manaus – Após a suspeita de fraude em um dos malotes, mais um problema ocorreu com o concurso público da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc). Desta vez, a confusão ocorreu com os gabaritos divulgados na noite desta segunda-feira (9). 

    Na hora de conferir as respostas, candidatos afirmaram ter dificuldade em saber qual a certa, além de sentir falta de respostas para determinadas questões. 

    Um candidato para a vaga de assistente técnico, nível médio, que não quis ter o nome divulgado, afirmou ter sentido falta das respostas de três questões. 

    Leia também: Após polêmica, Seduc divulga nova data para reaplicação de prova

    “Logo que fui começar a corrigir notei que faltava a primeira questão, no decorrer da correção sentir falta de mais outras duas questões”, contou. Ainda segundo o candidato, a diferença entre as respostas da prova e as apresentadas no gabarito confundiu na hora de verificar os acertos. 

    Ainda de acordo com ele, devido à dificuldade, precisou conferir a prova várias vezes e, mesmo assim, não tem certeza de quantas questões acertou. “Tive que conferir mais de uma vez pois, além de faltar respostas, estava muito confuso, mesmo assim, não sei quantas questões acertei”, lamentou. 

    Seduc

    O Instituto Acesso, responsável pelo concurso Seduc, informou que não existe erro no gabarito. De acordo com a instituição, as provas são individuais, portanto, cada candidato possui uma prova única. 

    O gabarito divulgado pelo instituto é, segundo a organização, um gabarito padrão. Ele serve como base para que o candidato analise e compare com as questões da prova que fez, “A questão número 1 de uma prova pode ser a número 10 de outra”, afirmou o instituto, por meio de nota.

    A justificativa para a medida, afirmou o organizador do certame, foi garantir a segurança das provas. Para não correr riscos de errar na hora da correção, o órgão recomenda atenção. “Os candidatos precisam atentar para o teor da resposta correta e não para a Letra mostrada no gabarito, que é um gabarito exemplo”.

    Conforme o órgão,  foram elaboradas e aplicadas 238.000 provas diferentes.

    Leia mais: 

    Seduc divulga locais e horários de provas do concurso público

    Seduc realiza concurso público no próximo domingo com mais de 235 mil

    Após suspeita de fraude, Seduc reaplicará prova para professores