Fonte: OpenWeather

    Projeto Live the Language at Século


    Colégio Século implementa ensino de nova língua na primeira infância

    O Centro Educacional Século em Manaus implementa o projeto Live the Language at Século (LLS), que visa estimular crianças na primeira infância a aprender uma nova língua

    | Foto: Divulgação

    Manaus -Aprender uma nova língua, na maioria das vezes, é algo que requer atenção, dedicação e tempo. E ainda assim pode ser uma árdua jornada até a fluência. Mas será que para as crianças com idade de aprendizagem da língua materna essas dificuldades existem? 

    Quando a criança se envolve com outro idioma, ela desenvolve habilidades cognitivas como a fala, memória, criatividade e raciocínio. Absorvendo palavras, sons e imagens, da mesma forma que se aprende a língua nativa. Esse primeiro contato gera curiosidade fazendo com que a criança crie interesse em aprender.

    Para isso, o Centro Educacional Século implementa o projeto Live the Language at Século (LLS), que visa estimular crianças a partir da primeira infância no aprendizado de uma nova língua, acompanhando-os em atividades extracurriculares. A ideia da iniciativa é fazer com que a criança ouça e se familiarize de forma gradativa com o inglês. 

    O LLS é mediado por duas professoras da escola,  Rucileli Brilhante e Evelyn Lopes. As educadoras acompanham todas as atividades que fazem parte do cotidiano escolar dos alunos,  inserindo a segunda língua por meio de diálogo durante a programação.  É importante lembrar que a estrutura da escola também contribui nesse processo, por este motivo, todas as placas de identificação da são bilíngues, criando assim uma nova mentalidade visual que estimula mais ainda a fluência no idioma.

    As educadoras acompanham todas as atividades que fazem parte do cotidiano escolar dos alunos
    As educadoras acompanham todas as atividades que fazem parte do cotidiano escolar dos alunos | Foto: Divulgação

    Para o melhor aproveitamento das atividades dos alunos iniciantes no segundo idioma, com idades de 2 a 5 anos, a metodologia é aplicada de forma lúdica. Segundo Rucileli, nessa fase o aprendizado precisa se dar de maneira natural, respeitando o tempo de cada criança. 

    A proposta do projeto consiste em demonstrar o que tem que ser feito por meio de exemplos, além de seguirem uma rotina diária organizada e pré-estabelecida, que ajuda o aluno a entender o que acontece em cada momento do dia. 

    A importância dos pais no processo de aprendizagem

    “É de suma importância o apoio dos pais para o desenvolvimento e fixação do idioma, é um suporte a mais ao projeto escolar” - diz Evelyn.  A professora explica que para uma compreensão eficaz é fundamental que os pais estimulem os conteúdos assimilados na escola, como por exemplo: livros escritos na língua que se está sendo estudada com tema de interesse da criança ou exercitando o idioma com coisas do cotidiano (Ex.: ao ver uma borboleta azul apontar e chamá-la em inglês ‘Blue Butterfly’). “O estímulo e motivação deve, também, começar de casa”, ressalta.

    Olhar científico

    A primeira infância é a fase em que a habilidade linguística é desenvolvida com mais agilidade. O momento é perfeito para explorar a capacidade evolutiva do aprendizado, principalmente quando se trata de um segundo idioma. 

    Uma pesquisa divulgada pelo The Journal of Neuroscience, tendo por base estudos realizados por cientistas britânicos e americanos, descobriu através de um escaneamento do cérebro que entre 2 e 4 anos de idade, as influências exteriores possuem maior impacto, é nesse período que acontece o desenvolvimento dos neurônios no processo de conhecimento de novas palavras.

    O cientista da Kings College, Jonathan O'Muircheartaigh, liderou o estudo, financiado pelos Institutos Nacionais de Saúde Mental nos Estados Unidos e pelo Wellcome Trust na Grã-Bretanha. Em sua pesquisa, O'Muircheartaigh afirma que os circuitos do cérebro associados com a linguagem são mais flexíveis antes dos 4 anos de idade, pois, a intervenção em crianças com atraso na execução da linguagem deve ser iniciada antes dessa idade crítica. 

    Conforme o pesquisador, uma educação bilíngue inserida na primeira infância resulta positivamente para a absorção do idioma, dando uma chance maior  para a fluência em ambas as línguas se tornar mais eficaz.

    Leia mais:

    Colégio Século em Manaus: do ensino tradicional à sala invertida

    Colégio Século trabalha a cultura maker e seu papel na educação didática

    Centro Educacional oferecerá certificação internacional

    Professora em Manaus cria estratégia para ensino de história

    Escola Século em Manaus lança web rádio como ferramenta de ensino

    A tecnologia da realidade virtual no Colégio Século em Manaus