Fonte: OpenWeather

    Feirão da Caixa em Manaus


    Feirão da Caixa terá imóveis para famílias com renda de até R$ 2,6 mil

    O Feirão de imóveis da caixa em Manaus vai acontecer no Centro de Convenções do Manaus Plaza Shopping, localizado na avenida Djalma Batista

    O evento vai acontecer no Centro de Convenções do Manaus Plaza Shopping, localizado na avenida Djalma Batista | Foto: Divulgação

    Manaus - Um dos maiores eventos de habitação do Amazonas, o Feirão de Imóveis de Manaus, patrocinado pela Caixa Econômica vai oferecer unidades habitacionais para famílias com renda de até R$ 2,6 mil nos próximos dias 25, 26 e 27 de maio.

    O evento vai acontecer no Centro de Convenções do Manaus Plaza Shopping, localizado na avenida Djalma Batista, com os stands abertos durante todo o tempo de funcionamento do centro de compra.

    Leia também: Mercado imobiliário aposta na recuperação do setor em Manaus

    As unidades mais em conta fazem parte da faixa 1,5 (um e meio) de financiamento da Caixa Econômica que engloba os imóveis mais baratos de todo o feirão a partir de R$ 120 mil. Essa tipologia exige um subsídio de R$ 45 mil, e tem uma taxa de juros reduzida de 5% ao ano.

    O Sindicato da Indústria da Construção Civil do Amazonas (Sinduscom-AM), Frank Souza, disse que a nova incorporadora de Manaus, a MRV terá 300 unidades da faixa 1,5 para e venda.

    De acordo com a Associação das Empresas do Mercado Imobiliário do Amazonas (Ademi-AM) serão ato todo aproximadamente 4 mil unidades disponíveis a venda com preços que variam de R$ 120 mil à R$ 2 milhões. São esperadas a visita de 30 mil pessoas, durante os três dias de evento. Serão disponibilizados casas, apartamentos e salas comerciais, que estão espalhadas em mais de 23 bairros da cidade.  

    A Caixa traz este ano uma redução para a taxa de juro do crédito imobiliário em 1,25 ponto porcentual, deixando a condição ainda melhor para os consumidores. Os juros mínimos passaram de 10,25% para 9% ao ano para os imóveis que custem até R$ 800 mil em quase todo o país. Em São Paulo, Rio, Minas e no Distrito Federal, o valor vai até R$ 950 mil.

    Se o imóvel for mais caro do que isso, a taxa mínima de juros passou para 10% ao ano. A Caixa também vai passar a financiar até 70% dos imóveis usados. Antes, o limite era 50%. Apenas ano passado foram vendidos R$ 86 milhões em imóveis no evento. Este ano serão oito incorporadoras participantes, entre elas estão Direcional Engenhara, Morar Mais Empreendimentos, Vivere Spazio, RD Incorporadora, MRV Engenharia e Staff Construções.

    Quanto à qualidade, serão disponibilizados imóveis desde Minha Casa Minha Vida até dos padrões mais elevados. O presidente da Ademi-AM, Romero Reis, disse que certamente as incorporadoras que estarão participando farão promoções personalizando a tabela de pagamento.

    Os empresário e especialistas já esperavam que o setor cresça pelo menos 3% a 5% até o fim do ano. O feirão pode trazer um incremento de 10% nas vendas. “O cenário é de retomada do crescimento e espera que o Feirão seja o início desse novo ciclo de desenvolvimento que está aí. É importantíssimo para a construção civil. Quem vai ganhar com isso é o consumidor”, completou Romero Reis.

    Segundo dados da Ademi, dos 65 bairros que Manaus tem cadastrados no Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), 23 tem empreendimentos de associados da Ademi, somando 6 mil imóveis novos disponíveis para venda, que estão em lançamento ou em construção. Visando atender o gosto, poder de compra e necessidade do consumidor.  

    Para ter condições de sair do evento com um contrato de financiamento da casa própria já assinado, Reis destacou que é primordial que o consumidor interessado vá ao evento portando documentos como Registro Geral (RG), CPF (Cadastro de Pessoa Física), e comprovantes de residência e renda.

    O Feirão Caixa da Casa Própria em seu formato original ocorre também todos os anos em alguns estados Brasileiros. Desta vez 15 cidades serão contempladas com o evento que ocorre em datas distintas, mas nessa mesma temporada. Manaus fica de fora por conta ainda de não obter o mesmo volume de participação de compradores e vendedores exigido pelo banco estatal. 

    Leia mais:

    Construtora em Manaus promove feirão de imóveis Minha Casa Minha Vida

    Mercado Imobiliário comemora resultados do Feirão da Caixa em Manaus

    Caixa inicia segunda rodada do Feirão da Casa Própria