Fonte: OpenWeather

    Economia


    Inflação de 4,56% até abril já supera centro da meta do governo para o ano

    A inflação oficial brasileira, medida pelo IPCA, acumulou 4,56% no ano até abril. Em quatro meses, o avanço dos preços já supera , dessa forma, o centro da meta de inflação perseguida pelo governo para o ano inteiro, de 4,5%.

    O IPCA fechou abril em 0,71%, acima do mesmo mês do ano passado (0,67%) e abaixo do observado em março deste ano (1,32%). O índice foi divulgado pelo IBGE nesta sexta-feira (8).

    O mercado já esperava para abril uma inflação ainda alta, porém abaixo da observada em março. Pela média das previsões de economistas e instituições financeiras ouvidas pela agência internacional Bloomberg, o IPCA ficaria ligeiramente superior em 0,75% em abril e em 8,23% no ano. Os preços voltaram a ser pressionados pelo grupo habitação, que avançou 0,93% em abril. O setor foi pressionado pela energia, que avançou 1,31% no mês.

    A inflação de março foi pressionada por reajustes extraordinários concedidos pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), concentrados naquele mês e que levaram a tarifa de energia a subir 22,08%.

    Mesmo com a menor pressão da energia, Não há sinal claro de perda de força do IPCA. Nos últimos 12 meses, a inflação acumulou uma alta de 8,17% -acima/pouco abaixo do acumulado até março, 8,13%.

    A trajetória de inflação desde o início do ano tem reforçado entre analistas a expectativa de uma inflação em torno de 9% neste ano. No ano passado, a inflação ficou em 6,41%.

    Por Folha Press

    Mais lidas

    1. Pesca esportiva movimenta R$ 70 milhões no Amazonas

    2. Você conhece o coworking? Compartilhamento de espaços para empresas está em alta

    3. Expectativa de crescimento favorece criação de empregos temporários no Natal

    4. Demanda por voos para os Estados Unidos cresce no Brasil

    5. Gás de botijão leva prévia da inflação oficial a 0,34% em outubro, diz IBGE