Fonte: OpenWeather

    Economia


    IBGE lança em Manaus pesquisa econômica de 2015

    O Instituto Brasileiro de Geografias e Estatísticas (IBGE), em parceria com a Superintendência da Zona franca de Manaus (Suframa) e a Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), realizou na manhã dessa quinta-feira (28) o lançamento das pesquisas econômicas de 2015 do IBGE no Amazonas. O evento é voltado para o ramo da indústria, comércio, serviço e construção, e reuniu as principais empresas informantes das pesquisas econômicas e as entidades da classe.  O gerente nacional das pesquisas industriais anuais do IBGE, Jurandir Oliveira, disse que, além do lançamento, a ocasião foi usada para uma maior aproximação entre os parceiros e informantes, para mostrar a importância da contribuição das empresas para a pesquisa. Já o chefe da unidade estadual do IBGE, José Ilcleson, disse que a pesquisa é feita por amostragem e serão selecionadas cerca de 4 mil empresas no estado do Amazonas para responder a essa pesquisa. Os dados coletados, com base nas pesquisas, servirão de informações para o calculo do produto interno bruto (PIB) nacional e regional. Após a coleta das informações fornecidas pelas empresas, o IBGE irá reunir os dados e apresentar os resultados, que irão compor o Sistema Estatístico Nacional, em especial o sistema de Contas Nacionais (SCN), responsável pelo PIB regional e nacional. Os dados também vão ajudar a identificar a participação do Amazonas na geração de riquezas para o país.  A operação estatística econômica é realizada anualmente e abrange os seguimentos industriais, comerciais, de serviço e de construção. O trabalho busca atender as mudanças que esses setores enfrentam e identificam o desempenho para então apresentar à sociedade.  Segundo o vice-presidente da Fieam, Nelson Azevedo, os dados da pesquisa servirão para a iniciativa privada e o setor público analisarem o comportamento da indústria, comércio, serviço e construção, e podem traçar seus planejamentos.   A operação realizada em 2015 tem como base o ano de 2014 e iniciou em maio com o foco nos quatro segmentos. A expectativa é de que estes dados sejam divulgados no final do primeiro semestre do próximo ano. De junho a agosto desse ano, o IBGE vai divulgar os dados coletados no ano passado, que trazem informações referentes ao ano de 2013.       Por equipe EM TEMPO online  Com informações de Asafe Augusto
    O lançamento aconteceu na sede da Fieam – foto: Asafe Augusto

    O Instituto Brasileiro de Geografias e Estatísticas (IBGE), em parceria com a Superintendência da Zona franca de Manaus (Suframa) e a Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), realizou na manhã dessa quinta-feira (28) o lançamento das pesquisas econômicas de 2015 do IBGE no Amazonas.

    O evento é voltado para o ramo da indústria, comércio, serviço e construção, e reuniu as principais empresas informantes das pesquisas econômicas e as entidades da classe.

    O gerente nacional das pesquisas industriais anuais do IBGE, Jurandir Oliveira, disse que, além do lançamento, a ocasião foi usada para uma maior aproximação entre os parceiros e informantes, para mostrar a importância da contribuição das empresas para a pesquisa.

    Já o chefe da unidade estadual do IBGE, José Ilcleson, disse que a pesquisa é feita por amostragem e serão selecionadas cerca de 4 mil empresas no estado do Amazonas para responder a essa pesquisa. Os dados coletados, com base nas pesquisas, servirão de informações para o calculo do produto interno bruto (PIB) nacional e regional.

    Após a coleta das informações fornecidas pelas empresas, o IBGE irá reunir os dados e apresentar os resultados, que irão compor o Sistema Estatístico Nacional, em especial o sistema de Contas Nacionais (SCN), responsável pelo PIB regional e nacional. Os dados também vão ajudar a identificar a participação do Amazonas na geração de riquezas para o país.

    A operação estatística econômica é realizada anualmente e abrange os seguimentos industriais, comerciais, de serviço e de construção. O trabalho busca atender as mudanças que esses setores enfrentam e identificam o desempenho para então apresentar à sociedade.
    Segundo o vice-presidente da Fieam, Nelson Azevedo, os dados da pesquisa servirão para a iniciativa privada e o setor público analisarem o comportamento da indústria, comércio, serviço e construção, e podem traçar seus planejamentos.

    A operação realizada em 2015 tem como base o ano de 2014 e iniciou em maio com o foco nos quatro segmentos. A expectativa é de que estes dados sejam divulgados no final do primeiro semestre do próximo ano. De junho a agosto desse ano, o IBGE vai divulgar os dados coletados no ano passado, que trazem informações referentes ao ano de 2013.

    Por equipe EM TEMPO online
    Com informações de Asafe Augusto