Fonte: OpenWeather

    Economia


    Dólar sobe e volta a fechar acima de R$ 3,50

    Depois de fechar ontem em baixa, a moeda norte-americana voltou a subir e fechou acima de R$ 3,50 pela primeira vez em uma semana. O dólar comercial encerrou esta quinta-feira (13) vendida a R$ 3,514, com alta de R$ 0,039 (1,13%).

    A cotação operou em alta durante toda a sessão. Na máxima do dia, por volta das 12h30, o dólar chegou a ser vendido a R$ 3,523. A divisa acumula alta de 2,59% em agosto e de 32,2% em 2015.

    Desde que a equipe econômica anunciou, há três semanas, a redução para 0,15% do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas no país) da meta de superávit primário (economia para pagar os juros da dívida pública), o dólar passou a subir. Segundo economistas ouvidos pela Agência Brasil, a possibilidade de o país perder o grau de investimento das agências de classificação de risco tem pressionado o câmbio.

    Fatores externos também pressionaram o câmbio. Pelo terceiro dia consecutivo, a moeda chinesa desvalorizou-se em relação ao dólar norte-americano. Desde terça-feira (11), o yuan acumula queda de 4,5%, a maior perda em duas décadas.

    O banco central chinês descreveu a desvalorização como uma medida para refletir melhor a nova realidade do mercado. Um responsável do banco central chinês garantiu que o yuan permanecerá forte e afirmou que o ajuste iniciado há três dias está basicamente concluído. A decisão da autoridade monetária chinesa fez o dólar subir em todo o planeta.

    Por Folhpress

    Mais lidas

    1. Expectativa de crescimento favorece criação de empregos temporários no Natal

    2. Demanda por voos para os Estados Unidos cresce no Brasil

    3. Gás de botijão leva prévia da inflação oficial a 0,34% em outubro, diz IBGE

    4. Ministério da Fazenda autoriza aumento das tarifas de serviços dos Correios

    5. Comércio chega ao sétimo mês de crescimento e espera alta de até 5% no fim do ano