Fonte: OpenWeather

    Economia


    CAS analisa projetos de US$ 267 mi para o Estado

    Dois projetos ligados ao polo de duas rodas serão analisados pelo CAS – foto: divulgação
    Dois projetos ligados ao polo de duas rodas serão analisados pelo CAS – foto: divulgação

    Uma pauta com 48 projetos industriais e de serviços, sendo 17 de implantação e 31 de atualização, diversificação ou ampliação, será analisada, nesta quarta-feira (23), às 10h, na 270ª Reunião Ordinária do Conselho de Administração da Suframa (CAS). Os projetos preveem investimentos totais de US$ 267,7 milhões e fixos de US$ 101,9 milhões, bem como a criação de 484 novos empregos quando da instalação dos mesmos.

    Entre os projetos de implantação a serem analisados, os maiores destaques estão ligados aos segmentos de duas rodas, naval e alimentício.

    A Cairu Componentes apresentou dois projetos para fabricação, respectivamente, de bicicletas elétricas e bicicletas com câmbio, com previsão de mão de obra adicional de 29 empregos e investimento total de, aproximadamente, US$ 3 milhões.

    A Eram Estaleiro Rio Amazonas, por sua vez, apresentou projeto para construção de estruturas flutuantes (balsa para transporte e barco para empurrar outras embarcações). A iniciativa tem previsão de gerar 90 empregos diretos e concentra investimentos totais de US$ 3,2 milhões.

    Fechando os destaques entre os projetos de implantação, a BR Flakers da Amazônia, do segmento alimentício, terá analisada proposição para produção de alimentos à base de cereais, com previsão de geração de 17 empregos e investimento total de US$ 120 mil.

    Diversificação

    No caso dos projetos de diversificação, atualização ou ampliação, os investimentos reforçam, principalmente, a base componentista do polo eletroeletrônico.

    São os casos dos projetos da UEI Brasil Controles Remotos Ltda., que buscam diversificação para produzir subconjunto painel frontal para aparelho de áudio ou vídeo e subconjunto chassi montado para aparelho de áudio ou vídeo, com intenção de investir quase US$ 1 milhão e gerar 86 empregos, e o da Flextronic International Tecnologia Ltda., para produção de placa de circuito impresso montada de uso em informática e subconjunto chassi montado para aparelho de áudio ou vídeo, com investimentos totais de US$ 27,4 milhões e geração de 132 empregos.

    Ligados ao polo de duas rodas, dois projetos de diversificação também chamam atenção. Um é o da Motocargo Indústria e Comércio de Triciclos Ltda., para produção de triciclo elétrico, com previsão de geração de 87 empregos e investimentos totais de US$ 2 milhões.

    O outro é o da Honda Componente da Amazônia Ltda., para produção de laminado de ferro aço em fita, tira, chapas, blanks e conjunto de escapamento completo para ciclomotores, motonetas, motocicletas, triciclos e quadriciclos, com previsão de gerar 154 empregos e investimentos de US$ 9,7 milhões.

    Mais lidas

    1. Expectativa de crescimento favorece criação de empregos temporários no Natal

    2. Demanda por voos para os Estados Unidos cresce no Brasil

    3. Gás de botijão leva prévia da inflação oficial a 0,34% em outubro, diz IBGE

    4. Ministério da Fazenda autoriza aumento das tarifas de serviços dos Correios

    5. Comércio chega ao sétimo mês de crescimento e espera alta de até 5% no fim do ano