Fonte: OpenWeather

    Economia


    Receita libera consulta a último lote de restituições do Imposto de Renda 2015

    Os contribuintes que não fizeram as correções na declaração após constatar erros ou omissões estão na malha final -  foto: reprodução
    Os contribuintes que não fizeram as correções na declaração após constatar erros ou omissões estão na malha final - foto: reprodução

    A Receita Federal liberou a consulta ao sétimo e último lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física 2015. A consulta está disponível na página da Receita na internet ou por meio do Receitafone (146). A Receita criou aplicativo para tablets e smartphones que permite o acompanhamento das restituições.

    Os contribuintes que não fizeram as correções na declaração após constatar erros ou omissões estão na malha fina. O número de pessoas nesta situação deve ser divulgado com os dados do lote. Para mudar a situação, os contribuintes terão que atualizar a declaração e esperar pelos lotes residuais que serão liberados a partir de janeiro de 2016.

    O primeiro passo para fazer as correções é verificar no extrato de processamento da declaração as pendências ou inconsistências que causaram a retenção na malha fina. O procedimento pode ser feito no Centro Virtual de Atendimento da Receita Federal (e-CAC). A Receita publicou na internet um passo a passo para quem não é cadastro e deseja fazê-lo. Para quem não sabe usar os serviços no e-CAC, a Receita preparou um vídeo com instruções.

    A restituição ficará disponível durante um ano. Se o resgate não for feito nesse prazo, deverá ser requerido por meio do Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço extrato de processamento, na página da Receita na internet.

    Por Agência Brasil

    Mais lidas

    1. Você conhece o coworking? Compartilhamento de espaços para empresas está em alta

    2. Pesca esportiva movimenta R$ 70 milhões no Amazonas

    3. Expectativa de crescimento favorece criação de empregos temporários no Natal

    4. Demanda por voos para os Estados Unidos cresce no Brasil

    5. Gás de botijão leva prévia da inflação oficial a 0,34% em outubro, diz IBGE