Fonte: OpenWeather

    Economia


    Promoções e sorteios estimulam e aquecem o mercado de material escolar na capital

    Livraria Lira- Premiação
    A entrega dos prêmios ocorreu na sede da loja, no centro - foto: divulgação

    Para driblar a crise econômica que o país enfrenta, diversos segmentos encontraram em simples campanhas promocionais uma nova oportunidade de aquecer o mercado e transformar a crise em estabilidade econômica e manter seu lucro.

    Dando exemplo a este modelo de estabilidade e sustentabilidade que os empresários buscam, a tradicional Livraria Lira estimulou seus clientes durante três meses com a promoção Volta às Aulas. A premiação foi realizada na tarde ontem (1º) na sede da livraria, localizada na avenida Henrique Martins, Centro. Na ocasião foi entregue o veículo Corsa Classic 0KM, principal prêmio da promoção, ao ganhador Marcelo Rodrigues dos Santos, 42, que concorreu ao premio com 17 cupons e foi premiado. Outros quatro clientes da livraria também foram premiados.

    De acordo com o empresário Erick Lira, o mercado de materia escolar e papelaria foi afetado de maneira generalizada com a migração de alunos da rede privada de ensino para a rede pública, onde os gastos com material escolar é quase nulo. Esse reflexo representou, no início deste ano, mais ou menos uma perda de 70% na clientela local.  “Buscamos manter nossa carteira de clientes e atrair novos por meio de sorteios e promoções. Nosso objetivo foi alcançado e foi possível manter nosso faturamento e o aquecimento de nossas vendas. A alta do dólar não refletiu no preço do balcão, o segredo é comprar acompanhando o mercado”, disse o empresário.

    O mercado econômico no país e a instabilidade da moeda americana fazem com que o empresário local trabalhe com cautela e organização, sobretudo com estoque para que, dessa forma, ganhe preço e mantenha o seu lucro. O empresário enfatizou que, além de manter o faturamento, foi possível quase que triplicar o número de funcionários para se manter um melhor atendimento para os clientes. “Antes nós estávamos funcionando com 35 funcionários, hoje a rede funciona com mais de cem colaboradores, representando um aumento significante. Temos um projeto de expansão para mais lojas, mas estamos trabalhando com cautela. Sempre é necessário uma rigorosa avaliação de mercado para a partir dai se tomar uma decisão”, pontuou Erick Lira.

    Por Mairkon Castro / EM TEMPO Online

    Mais lidas

    1. Pesca esportiva movimenta R$ 70 milhões no Amazonas

    2. Você conhece o coworking? Compartilhamento de espaços para empresas está em alta

    3. Expectativa de crescimento favorece criação de empregos temporários no Natal

    4. Demanda por voos para os Estados Unidos cresce no Brasil

    5. Gás de botijão leva prévia da inflação oficial a 0,34% em outubro, diz IBGE