Fonte: OpenWeather

    Economia


    Nova diretoria do Sindframa toma posse nesta sexta-feira

    A posse está programada para iniciar às 9h30, no Auditório Floriano Pacheco, na sede da Suframa, Zona Sul - foto: divulgação
    A posse está programada para iniciar às 9h30, no Auditório Floriano Pacheco, na sede da Suframa, Zona Sul - foto: divulgação

    Toma posse nesta sexta-feira (20) a nova diretoria do Sindicato dos Funcionários da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Sindframa), que estará à frente da entidade nos próximos dois anos. Liderada pelo economista Gilvânio Paiva, a diretoria  é  composta por outros 23 membros  e terá o desafio de garantir a aprovação no Congresso Nacional do Projeto da Lei 4253/2015, que trata, entre outros pontos, do reajuste salarial da categoria.

    A posse está programada para iniciar às 9h30, no Auditório Floriano Pacheco, na sede da Suframa, Zona Sul. Parlamentares e representantes de outros sindicatos no Amazonas confirmaram presença no evento.

    Os novos diretores foram escolhidos na eleição do sindicato, que aconteceu no dia 20 de abril, e contou com uma única chapa de coalizão. Formada por representantes de diversas correntes políticas existentes na Suframa, a chapa teve o papel de absorver e sistematizar as diversas ideias e propostas de fortalecimento do Sindframa e da própria autarquia. Todas elas passam pela necessidade de melhorar a remuneração dos servidores.

    A prioridade do sindicato, nesse momento, é mobilizar os parlamentares dos Estados das Amazônia Ocidental para garantir a agilidade na tramitação do PL 4253/2015. O projeto encontra-se na Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara Federal aguardando relator. O projeto deve passar por outras quatro comissões antes de ser votada pelo plenário. Depois desse processo, o PL será enviado ao Senado.

    Entre as propostas da nova diretoria também estão a assinatura de convênios médicos e jurídicos para beneficiar os associados, um pleito antigo da categoria. Melhorar a comunicação com as unidades descentralizadas e garantir a melhoria das condições de trabalho dos servidores que atuam nessas áreas também surgem como desafios dos novos diretores do Sindframa.

    Com informações da assessoria

    Mais lidas

    1. Produtores de Itacoatiara recebem investimentos de R$ 1,5 milhão

    2. Ferramenta mostra como economizar até 35% na conta de luz

    3. Pesca esportiva movimenta R$ 70 milhões no Amazonas

    4. Você conhece o coworking? Compartilhamento de espaços para empresas está em alta

    5. Feira 'Tudo Para Casa' exibirá rochas ornamentais