Fonte: OpenWeather

    Economia


    Em Manaus, comércio terá crescimento de apenas 1% no Dia dos Pais, diz CDL

    Com a crise, os segmentos de confecções e calçados são os mais procurados pelos filhos que não ficam sem dar presentes para os seus pais - foto: Marcio Melo
    O estudo realizado pela entidade mostra que o ticket médio de compra é no valor de R$ 99,07. Na avaliação do presidente da CDL Manaus, Ralph Assayag, o crescimento, mesmo que pequeno, é positivo - foto: Marcio Melo

    Ainda temerosos com o momento conturbado da economia no Estado e com um menor poder de compra, os manauenses não estão empolgados e as vendas para o dia dos pais não estão aquecidas. De acordo com a pesquisa da Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL Manaus), divulgada nesta terça-feira (2), as vendas para a comemoração dos pais, que neste ano, será no próximo dia 14 de agosto, deve ter uma tímida alta de 1%, em relação ao ano passado.

    O estudo realizado pela entidade mostra que o ticket médio de compra é no valor de R$ 99,07. Na avaliação do presidente da CDL Manaus, Ralph Assayag, o crescimento, mesmo que pequeno, é positivo, levando em conta o cenário econômico atual. "Ainda não sabemos como a economia irá se comportar nos próximos meses. Então, o consumidor planeja os gastos, mas mesmo assim vai garantir o presente de seu pai", disse Assayag.

    “Na nossa loja estamos nos preparando para atender essa demanda do ano. Minha recomendação aos lojistas é que façam uma boa vitrine, uma opção são os adesivos, que trabalhem com propaganda seja de rádio e TV mídias sociais”, orientou o empresário e presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Amazonas (FCDL-AM), Ezra Azury Benzion Manoa. Na avaliação dele, a expectativa é de vendas positivas, em relação ao no passado.

    De acordo com a pesquisa da CDL Manaus, itens de vestuário aparecem no topo da lista de intenção de presente com 29,6%; seguido dos calçados e cintos (17,2%); perfume (11,55); celular (12%) e joias e relógios (7,8%). No ano passado, os itens também apareceram como as cinco primeiras opções dos consumidores.

    Os dados apontam, também, que 71% dos entrevistados vão comprar o presente à vista; 21% vão utilizar a modalidade de cartão de crédito; 3,5% vão utilizar o cartão das lojas; 2,4% o cartão de débito; 1,1% o crediário ou o carnê; e 0,6% não definiram como vão quitar o presente do Dia dos Pais.

    A pesquisa perguntou aos entrevistados o local de compra do presente de seus homenageados. O comércio do Centro de Manaus é a opção de local de compra de 43,4% dos entrevistados, 26,6% apontaram os shoppings da cidade, 22,3% o comércio dos bairros da capital e 1,7% vão comprar o presente via internet.

    Para Assayag, os lojistas precisam aproveitar a data e disposição dos consumidores para fazer suas comprar e aproveitar as ações promocionais e campanha. “Dia dos Pais é uma vez ao ano, então, vale à pena agradá-lo e os lojistas precisam investir na propaganda”, ressaltou.

    A pesquisa apontou ainda que várias pessoas serão homenageadas durante a data, além dos pais que parece em primeiro lugar no ranking com 32%, em seguida estão os esposos (20%); filhos (3,3%); mães (3%); avôs (2,7%); irmãos (1,7%); padrastos (1,4%); sogros (0,8%), entre outros familiares.

    Com informações da assessoria

    Mais lidas

    1. Demanda por voos para os Estados Unidos cresce no Brasil

    2. Gás de botijão leva prévia da inflação oficial a 0,34% em outubro, diz IBGE

    3. Ministério da Fazenda autoriza aumento das tarifas de serviços dos Correios

    4. Comércio chega ao sétimo mês de crescimento e espera alta de até 5% no fim do ano

    5. Amazonas é o 5º na geração de empregos na região Norte e o 17º no Brasil