Fonte: OpenWeather

    Economia


    Empresários locais investem em pequenas franquias que geram grandes negócios

    Paleterias estão entre as opções de franquias mais procuradas em Manaus - Arthur Castro

    As pequenas franquias, com valores de mercado por R$ 50 mil, em média, tornaram uma alternativa de negócio lucrativo no período da crise econômica. Empresários com dinheiro para investir, mas sem saber onde, foram em busca desse formato de negócio mais simplificado e que une pouco investimento, com estrutura pronta e terreno perfeito para empreendedores que não pretendem se arriscar no mercado.

    Franquias como “Salgadinhos e Companhia” e “Gusta Mais Paletas Mexicanas” nasceram e se desenvolveram durante a crise econômica.

    O consultor de mercado, Carlos Eduardo Oshiro, avalia que o valor em conta torna as franquias mais acessíveis, mas o que determina se será um negócio rentável não é o quantitativo de investimento e sim o segmento que será explorado, como perfumaria, cosmético ou alimentício por exemplo. Nesse caso, geralmente, quem procura franquias, são pessoas que não têm o perfil empreendedor.

    Aqueles que nasceram com esse perfil pendem a abrir um negócio próprio porque não gostam de ficar sujeitos as normas e regras de uma franquia. O especialista detalha que o segmento que tem o menor risco são os de venda direta e os de marketing multinível, como Mary Kay e Hinode, que possibilita ao empresário saber se tem o perfil de empreendedor. “Ser empreendedor é saber vender. Essa tarefa está ligada diretamente com o seu perfil de vendedor, de saber convencer as pessoas”, afirma.

    Oshiro orienta ainda que é importante estudar bem o segmento no qual vai abrir a franquia, e, segundo ele, mais relevante que o segmento certo, é a pessoa ter o perfil de empreendedor, porque em todos os ramos há “altos e baixos obstáculos” e, nesse sentido, será o perfil empreendedor que vai dizer se esse empresário tem condições de dar a volta por cima com criatividade.

    O empresário Ricardo Ribeiro, 38, está à procura de uma franquia tendo como principal objetivo buscar uma outra fonte de renda.

    Porém, ele não pretende se arriscar com altos investimentos e tem focado sua procura em franquias, porque estas oferecem estruturas, modelos de processos produtivos, vendas e clientela já estabelecidos no mercado.

    Nessa procura, o empreendedor acabou encontrando uma franquia do ramo de paleteria e já demonstrou interesse no negócio. Ricardo disse que entre as características que também lhe interessam em uma franquia, estão o baixo custo de investimento, mas ao mesmo tempo, com boas chances de bom rendimento e retorno mais imediato em, no máximo, dois anos.

    “O que queremos de fato é gastar pouco neste momento, mas ter uma garantia de um bom retorno em curto prazo e a franquia possibilita isso”, diz.

    Por outro lado, o empresário acredita que investir em um negócio do zero, é mais complicado e não oferece a segurança das franquias que já estão consolidadas, sem precisar investir tanto para o negócio fazer acontecer. “Apesar das dificuldades, a crise também oferece diversas oportunidades”, avalia.

    Joandres Xavier
    EM TEMPO