Fonte: OpenWeather

    Economia


    Afeam chega ao Baixo e Médio Amazonas com R$ 3 milhões para investir no microcrédito

    A partir do próximo dia 14, a Agência de Fomento do Estado do Amazonas S.A. (Afeam) completa o atendimento itinerante deste ano pelo interior amazonense, levando a linha de microcrédito Banco do Povo à calha do baixo e médio rio Amazonas. Somente no primeiro semestre deste ano, a Agência concedeu R$ 24,8 milhões em microcrédito, investimento que beneficiou cerca de 4,5 mil empreendedores.

    Nessa última ação itinerante de 2017, moradores de Maués, Boa Vista do Ramos, Urucurituba, Silves, Itapiranga, São Sebastião do Uatumã, Urucará, Barreirinha e Nhamundá poderão acessar financiamentos de R$ 500 a R$ 15 mil, com taxa de juros de 3% ao ano. O orçamento para a região é de aproximadamente R$ 3 milhões, mas valor pode ser ampliado conforme a demanda.

    Além de Manaus e dos cinco municípios com posto fixo em Manicoré, Manacapuru, Itacoatiara, Tefé e Eirunepé, onde a oferta do microcrédito é realizada durante todo o ano, o atendimento é feito por calha de rio, em parceria com o Sebrae e o Idam, órgão de assistência técnica da Secretaria de Produção Rural (Sepror).

    Leia também: Estupro virtual faz primeira prisão no Brasil: saiba como foi o crime

    A Calha do Baixo e Médio Amazonas é a sétima do ano, completando a oferta de microcrédito em todo o Estado. Além disso, em 2017, o órgão ampliou o atendimento exclusivo em distritos rurais. De março a junho, os técnicos da Afeam, Sebrae e Idam atenderam em Novo Remanso e Vila do Engenho, no município Itacoatiara; Caburi, Mocambo e Vila Amazônia, em Parintins; Vila Rica de Caviana, em Manacapuru; e Santo Antônio do Matupi, em Manicoré.

    No primeiro semestre deste ano, a Agência de Fomento do Governo do Amazonas aprovou R$ 24,8 milhões em microcrédito, com valores médios por operação entre R$ 4 mil e R$ 5 mil. Vale lembrar que essa linha pode financiar até R$ 15 mil por contrato. Todo esse investimento, que apoia os pequenos negócios, se mostrou fundamental no atual momento de crise e contribuiu para manter e/ou criar cerca de 14 mil ocupações econômicas.

    Dados para quadro:

    Município - Atendimento - Locais

    Maués - 14, 15 e 16/08 - Escola Estadual GM 3 Prefeito Donga Michiles

    Boa Vista do Ramos - 14 e 15/08 - Unidade local do Idam

    Urucurituba - 14 e 15/08 - Unidade local do Idam

    Silves - 14 e 15/08 - Unidade local do Idam

    Itapiranga -14 e 15/08 - Salão de eventos da Pousada Hayana

    São Sebastião do Uatumã - 14 e 15/08 - Escola Estadual São Sebastião

    Urucará - 14, 15 e 16/08 - Escola Estadual Ramalho Júnior

    Barreirinha - 14 e 15/08 - Auditório do Cetam

    Nhamundá - 14 e 15/08 - Sala do Empreendedor

    Com informações da assessoria

    Mais lidas

    1. Pesca esportiva movimenta R$ 70 milhões no Amazonas

    2. Você conhece o coworking? Compartilhamento de espaços para empresas está em alta

    3. Feira 'Tudo Para Casa' exibirá rochas ornamentais

    4. Expectativa de crescimento favorece criação de empregos temporários no Natal

    5. Demanda por voos para os Estados Unidos cresce no Brasil