Fonte: OpenWeather

    Eleições 2016


    Eleição no AM: 53 urnas apresentam problemas e um município inicia votação com atraso

    Nas primeiras horas da eleição suplementar para o governo do Amazonas, 53 urnas, na capital e no interior, apresentaram problemas neste domingo (6). Entretanto, as falhas, segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), já foram resolvidas e a votação segue normal.

    Das 53 urnas com problemas técnicos, 16 foram trocadas. Dez foram em Manaus e o restante no interior do Estado, em municípios como Tefé, Parintins e Anamã. Entre os casos da capital está a Escola Estadual Paula Franssinetti, no Morro da Liberdade, onde ocorreu a troca.

    O município de Atalaia do Norte apresentou atraso na votação, que começou uma hora depois do previsto, por conta de demora no envio da urna. Porém, segundo o Rodrigo Camelo, secretário de técnico da informação do TRE-AM, não haverá atraso na apuração dos votos.

    Leia também: Marcelo Serafim aposta em renovação para o Amazonas

    "Esse atraso não vai atrapalhar o resultado das eleições. A votação começou uma hora depois, mas agora segue normalmente. Os outros problemas também já foram resolvidos. Então, não temos nenhum problema que possa atrapalhar o pleito", disse.

    O diretor geral do TRE-AM, Messias Andrade, aproveitou para reforçar que não haverá transporte transporte público gratuito nesta eleição. Logo cedo, eleitores da Escola Nossa Senhora Auxiliadora tiveram problemas, pois ao chegarem no local foram informados que a escola não funcionava mais como colégio eleitoral.  Para não acontecer esse problema, Rodrigo Camelo, orienta a população usar o aplicativo "Onde Votar".

    Mara Magalhães
    EM TEMPO

    Leia Mais

    Amazonino Mendes vota na eleição suplementar e fala em restaurar o Amazonas

    Durante voto, Eduardo Braga relembra trajetória para eleição inédita

    Prefeito de Manaus vota nas eleições suplementares do AM e fala em voto consciente

    Mais lidas