Fonte: OpenWeather

    Paquera


    Rede social, flerte e até ‘nudes’: amazonense dá novo uso ao pix

    Ferramenta de transferências vira método de paquera virtual

     

    O que ninguém esperava é que os brasileiros transformariam o PIX em uma espécie de método para esquentar as relações
    O que ninguém esperava é que os brasileiros transformariam o PIX em uma espécie de método para esquentar as relações | Foto: Reprodução

    Manaus (AM) - Chocolates, rosas, likes, match ou nudes? Nada disso! A nova opção de paquera dos amazonenses agora é enviar quantias via PIX para o “crush”.O uso alternativo do sistema de pagamentos já tem até nome para seus usuários no Twitter: são os ‘pixsexuais’, que publicam stories que têm viralizado com a hastag “#pixtinder”. 

    O Pix funciona 24 horas por dia, sete dias da semana, em todos os dias do ano. Além disso, as transações são realizadas em segundos. Em outras palavras, as transações são realizadas em tempo real.  Basicamente, a ferramenta permite receber e fazer transações sem burocracia, exigindo o cadastramento de uma chave pessoal, que pode ser o telefone, o CPF ou um número aleatório.

     

    Amazonense topou o desafio
    Amazonense topou o desafio | Foto: Reprodução

    O que ninguém esperava é que os brasileiros transformariam o PIX em uma espécie de método para esquentar as relações. Dentre as histórias dos “PIXTinders” amazonenses, está de Maik Santos, 20 anos. Ele conta que a iniciativa foi da sua amiga, que enviou a tabela do “PixTinder”.

    "No dia eu enviei R$ 25 que valia 'me faça feliz hoje'. E deu certo, porque ela veio me ver. Eu lembro quando ela mandou a tabela, falei que nada não precisava mandar o dinheiro para provar que gostava dela, mas entrei na brincadeira e esquentamos nossa relação", contou Santos. E Maik acrescenta que só entrou na 'brincadeira', pois já conhecia a menina.

    Valores

     

    Tabela do pixtinder
    Tabela do pixtinder | Foto: Divulgação

    O envio de R$ 10 significa “quero um date”, módicos R$ 2 são sinônimo de elogio, na linha “te acho lindo”, mas só a força do ódio misturada com o humor pode levar o cidadão ao ponto máximo da tabela: R$ 20 para dizer “te odeio, kkk”.

    Reatar namoro

    Uma história viralizou nas redes sociais: a garota enviou diversas transações de R$ 0,01 via PIX para seu ex-namorado tentando reatar o namoro. Como estava bloqueada em todas as redes sociais do ex, ela arriscou comunicar-se com ele via PIX, já que o sistema de pagamentos ainda não permite bloqueios de números.

    Cuidado com o golpe!

    A equipe do presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, que já veio a público reconhecer que o Pix não foi criado como rede social —, não poderia imaginar que ele viraria até mesmo ferramenta de solução de conflito.

    O processo, no entanto, requer alguns cuidados para o flerte não acabar virando um golpe. A prática também chamou atenção pelos perigos em potencial, levando em consideração, por exemplo, que a chave do PIX, em muitos casos, é o próprio CPF da pessoa. Ao informar o número do CPF, por exemplo, pessoas má intencionadas podem usar o dado para fazer compras e solicitar diversos tipos de serviço caso também possuam informações básicas como endereço e nomes da vítima e de sua mãe.

    A divulgação do número de celular também traz dores de cabeças. Diversas pessoas poderão mandar mensagens via WhatsApp e o contato pode ser divulgado em sites indesejados, tornando-se vítima de trotes e assédios. Além disso, a exposição do número de celular pode facilitar golpes via SMS e dados bancários e outras informações podem ser roubadas.

     

    O advogado em Direito Digital, Aldo Evangelista, orienta a não cair em golpes
    O advogado em Direito Digital, Aldo Evangelista, orienta a não cair em golpes | Foto: Divulgação

    Por isso, a principal sugestão para estes casos é usar uma chave aleatória, que mesmo se divulgada, não comprometerá nenhum de seus dados pessoais. 

    O advogado em Direito Digital, Aldo Evangelista, aconselha enviar pix para os paqueras que você têm afinidade para que não haja problemas futuros, pois tudo é registrado no extrato.

    "O que pode acontecer é o mesmo que ocorre em outros meios onde as pessoas assediam umas as outras. A pessoa que está sendo assediada, se não gostar, ela pode tomar providências cíveis ou criminais, dependendo do que ela recebeu na descrição", orienta.

    Perfil no Instagram

    Criada há menos de uma semana em uma rede social, a página de humor PixLovers, foi concebida pelo gerente de banco Vagner Castro para se dedicar a compilar os relatos de quem usa o sistema para se relacionar.

    As histórias vão desde modestos R$ 2 enviados com o convite de um encontro até a transferência de R$ 200 em troca da foto dos pés de uma moça.

    No post desta quarta-feira (3), uma moça recebeu um pix de R$ 5 mil para ver o mozão.

    Estratégia para enviar o contato telefônico.


    Leia Mais

    Conta salário poderá ser movimentada por Pix, diz diretor do BC

    Tinder testa chamada de vídeo no Brasil e em outros 12 países