Fonte: OpenWeather

    Saúde feminina


    Tricomoníase: o que é, sintomas, causas e tratamentos

    Saiba mais sobre a tricomoníase que é mais comum nas mulheres

    Os sintomas mais comuns são dor durante a relação sexual, ardência e dificuldade para urinar, coceira nos órgãos sexuais | Foto: Reprodução

    Manaus (AM) - Sexo sem preservativo ou acidente com preservativo: quando realizar exames para investigar uma possível infecção? O ENTRE ELAS responde este e outros questionamentos. Mas afinal, o que é tricomoníase? O ginecologista Thiago Gester revela que é uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST) causada por um protozoário que ataca, principalmente, a vagina e os testículos. Os sintomas mais comuns são dor durante a relação sexual, ardência, dificuldade para urinar e coceira nos órgãos sexuais.

    "Tricomoníase é uma infecção do trato vaginal interior feminino  ou trato genital masculino causado pelo protozoário Trichomonas Vaginalis. Pode ser assintomática ou causar uretrite e vaginite  e ocasionalmente, cistite, epididimite e prostatite", explica.

    Segundo Gester, o protozoário é transmitido de uma pessoa infectada para outra pessoa durante o sexo. "Nas mulheres, a parte mais comumente afetada é o trato genital inferior (vulva, vagina, colo do útero, uretra). Nos homens, a parte mais comumente afetada é o interior do pênis  (uretra). Geralmente não há sintomas, não no início".

    A população deve ficar atenta a cuidados essenciais para não contrair a doença. “A forma de evitar é pelo uso do preservativo em todas as relações sexuais do início ao fim da relação. Ou seja, não ter nenhum contato seja no sexo oral, anal e vaginal, sem o uso do preservativo. As IST’s, elas estão muito relacionadas, também, com o aumento no número de parceiros sexuais. Então, é importante o uso do preservativo e em alguns casos, redução no número de parceiros sexuais", afirma diretora adjunta do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde, Adele Benzaken

    Na presença de qualquer sinal ou sintoma da tricomoníase é recomendado procurar um profissional de saúde nas unidades básicas de saúde, para o diagnóstico correto e indicação do tratamento adequado. Os parceiros também precisam de tratamento, para que não haja nova contaminação da doença.

    Leia Mais

    Covid-19 pode causar impotência sexual, dizem especialistas e estudo