Fonte: OpenWeather

    Especiais Impresso


    Produtores de flores apostam no mercado amazonense

    A queda de 40% nas vendas, em 2015, e a redução de até 50% da produção nos meses de janeiro a abril, devido à alta incidência de raios solares, não desanimam o mercado de flores no Amazonas. Produtores que investiram no cultivo ainda não colhem um mar de rosas, mas conseguem obter o dobro do investimento. Longe de ser uma mini Holambra (SP) – polo da produção de flores no Brasil, Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus) começa a atrair investidores que apostam no mercado amazonense. Os custos de cultivar flores no Estado são vantajosos em relação à importação, representando uma economia de até 20%.

    Fotos: MÁRCIO MELO
    Cultivo-de-Flores-no-Iranduba--Fotos-Marcio-Melo-(20)

    Cultivo-de-Flores-no-Iranduba--Fotos-Marcio-Melo-(22)

    Cultivo-de-Flores-no-Iranduba--Fotos-Marcio-Melo-(23)

    Cultivo-de-Flores-no-Iranduba--Fotos-Marcio-Melo-(29)

    Mikio-Kubo-Proprietario-do-Cultivo-da-produção-de-Flores-no-Iranduba--Fotos-Marcio-Melo-(62)

    Cultivo-de-Flores-no-Iranduba--Fotos-Marcio-Melo-(14)

    Cultivo-de-Flores-no-Iranduba--Fotos-Marcio-Melo-(18)

    Mais lidas