Fonte: OpenWeather

    Esportes


    Brasileiros mandam bem no UFC-169

    Defendendo seus títulos mundiais, os pupilos do treinador André Pederneiras, José Aldo e Renan Barão, mostraram toda sua superioridade e venceram seus respectivos confrontos na madrugada deste domingo (2).

    Lutando contra o americano Urijah Faber em uma revanche, após a lesão de Dominick Cruz, Barão deu um espetáculo para o público. O brasileiro começou melhor e após surpreender o adversário com um cruzado de direita, Renan desferiu uma sequência de socos que obrigou o árbitro Herb Dean a parar a luta.

    Faber na entrevista após o combate chegou a reclamar da interrupção, porém o resultado foi mantido e Barão manteve seu cinturão com um nocaute técnico.

    Já o amazonense José Aldo teve trabalho, mas venceu Ricardo Lamas e manteve o cinturão do peso pena. Ele precisou de cinco rounds para vencer o desafiante também na madrugada de hoje (2).

    Procurando caçar o adversário desde o início, Lamas começou melhor usando chutes e se movimentando dificultando o estudo de Aldo.

    No segundo round, Aldo soltou seu poderoso jogo de Muay Thai aliado ao boxe e novamente mostrou porque é considerado um dos melhores lutadores da atualidade.

    O domínio do brasileiro seguiu até a metade do quarto round aonde sentindo o ritmo forte aplicado por seus potentes chutes baixos e socos.

    Após reverter a posição adversa, Lamas ficou por cima de Aldo no quinto round e conseguiu acertar algumas cotoveladas, porém o brasileiro se defendeu como pode para garantir a vitória por decisão dos juízes.