Fonte: OpenWeather

    Esportes


    São Paulo e Fluminense tentam quebrar jejum de vitorias no Brasileirão

    Milton Cruz substituirá Muricy Ramalho, que acabou internado em função de uma arritmia cardíaca – foto: Gazeta Press
    Milton Cruz substituirá Muricy Ramalho, que acabou internado em função de uma arritmia cardíaca – foto: Gazeta Press

    São Paulo e Fluminense têm em comum uma série de três jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro. Às 21h (de Brasília) deste sábado (27), os times tricolores duelarão no Morumbi para superar o incômodo jejum e subir na tabela de classificação.

    “Essa sequência grande sem uma vitória não nos agrada”, lamentou o atacante são-paulino Alan Kardec. “Temos de levantar a cabeça, porque não há explicação. São todas grandes equipes, e, às vezes, o resultado pode ser outro”, acrescentou.

    Apesar de ter se distanciado da disputa pelo título, a situação do São Paulo é melhor. A equipe do Morumbi iniciou a rodada com 43 pontos, atrás apenas de Internacional (44) e Cruzeiro (52), justamente a sua última vítima.

    Após o triunfo por 2 a 0 sobre o líder, seguiram-se derrotas por 3 a 1 para o Coritiba e por 3 a 2 para o rival Corinthians e empate por 2 a 2 com o Flamengo.

    “A equipe está correndo, mas não vem sendo eficiente no momento em que precisa. O empate com o Flamengo não foi positivo. Temos de pensar no sábado, porque vamos em busca da vitória”, avisou o volante Denilson.

    Do outro lado, o elenco do Fluminense pensa da mesma maneira – mas para ingressar na zona de classificação à Copa Libertadores da América. Com 37 pontos, a equipe caiu de rendimento depois de fazer 3 a 0 em cima do Palmeiras. Perdeu por 3 a 1 para o Vitória e empatou por 1 a 1 com o Flamengo e por 0 a 0 com o Grêmio.

    “Precisamos voltar a vencer, pois apenas os bons resultados nos levarão para a zona de classificação para a Copa Libertadores. Infelizmente, as coisas não caminharam como a gente esperava nos últimos jogos, mas confio no potencial do grupo. Sei que vamos progredir”, disse o técnico Cristóvão Borges.

    Mal-estar

    O comandante do Fluminense não encontrará no Morumbi o seu colega Muricy Ramalho. O treinador são-paulino sentiu um mal-estar e precisou ser internado. Neste fim de semana, o substituto no banco de reservas será Milton Cruz.

    O interino não poderá utilizar o versátil Michel Bastos, expulso contra o Flamengo. Em compensação, terá o retorno do lateral esquerdo titular Álvaro Pereira, que havia recebido cartão vermelho diante do Corinthians. No ataque, Luis Fabiano se destacou na rodada passada, porém a comissão técnica ainda não o considera apto a atuar durante 90 minutos.

    No Fluminense, a novidade será a volta do meia Conca, livre de suspensão, no lugar de Rafael Sobis. Lutando contra dores em seus joelhos direitos, o zagueiro Henrique e o volante colombiano Valencia continuam como desfalques. Assim, Marlon e Rafinha enfrentarão o São Paulo.

    As baixas não tiraram a otimismo dos tricolores do Rio de Janeiro. “É um jogo que se desenha muito complicado, porque o São Paulo tem um time muito forte, que fala em título. Mas, se ganharmos, pegaremos o embalo que tanto desejamos. Esse precisa ser o ponto de início de nossa caminhada para a Libertadores”, projetou o meia Cícero, ex-são-paulino.

    No primeiro turno do Brasileiro, o jogo não se desenhou tão complicado para o Fluminense, que goleou o São Paulo por 5 a 2 no Maracanã. Walter marcou dois gols, e Rafael Sobis, Wagner e Lucão (contra) completaram para o time carioca. Alexandre Pato e Rogério Ceni descontaram para o paulista.

    Por Gazeta Esportiva