Fonte: OpenWeather

    Esportes


    Vasco vence o Flamengo, encerra jejum de dez jogos e deixa a lanterna

    O jejum vascaíno demorou, mas o encerramento dele não poderia ser de maneira melhor. Após dez jogos sem vitória, o Vasco bateu o rival Flamengo por 1 a 0, neste domingo (28), na Arena Pantanal, em Cuiabá (MT).
    Com o resultado, o time cruzmaltino deixou a lanterna do Campeonato Brasileiro.

    O Vasco, porém, assim como o Rubro-Negro, segue na zona de rebaixamento. O time de São Januário agora tem seis pontos e está na 19ª colocação, à frente do Joinville. Já a equipe da Gávea segue em 17º, com sete pontos.

    Este já foi quinto duelo entre Vasco e Flamengo em 2015. São duas vitórias para cada lado e um empate. Um dos jogos aconteceu pelo torneio Super Series, ainda na pré-temporada, quando o Rubro-Negro venceu por 1 a 0.

    O JOGO

    A etapa inicial foi marcada pela baixa qualidade técnica. As equipes tinham dificuldades na criação das jogadas e muitos eram os erros individuais.

    O Vasco acabou chegando ao gol após um contra-ataque rápido puxado pelo veloz lateral direito Madson, que se aproveitou de um escorregão de Anderson Pico, foi à linha de fundo e cruzou na cabeça de Riascos, que chegou de peixinho para abrir o placar.

    O Flamengo, por sua vez, foi tímido no ataque e fez apenas um chute ao gol em 45 minutos.

    No segundo tempo, o Flamengo foi para cima e passou a arriscar mais. Antes dos dez minutos, já havia dado três chutes, mais que a etapa inicial inteira.

    Já o Vasco chegou com a proposta de se defender e executou bem a função, com os jogadores bem plantados dentro de campo.
    Paulinho, que entrou no segundo tempo, teve a grande chance do empate aos 34 min, quando pegou um rebote dentro da área e chutou forte, para grande defesa do goleiro Charles.

    O clássico teve ainda um momento de homenagem. Foi feito um minuto de silêncio em memória do ex-técnico do Flamengo Carlinhos, que faleceu na última segunda-feira.

    VASCO

    Charles, Madson, Rodrigo, Anderson Salles e Christianno; Guiñazu, Serginho, Julio César e Jhon Cley (Rafael Silva); Riascos (Thalles) e Gilberto (Lucas)
    T.: Celso Roth

    FLAMENGO

    César, Luiz Antonio, Wallace, Samir e Anderson Pico (Alan Patrick); Jonas, Márcio Araújo e Canteros; Everton (Paulinho), Eduardo da Silva (Marcelo Cirino) e Emerson Sheik
    T.: Cristóvão Borges

    Estádio: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)
    Árbitro: Héber Roberto Lopes (SC)
    Cartões amarelos: Serginho, Jhon Cley, Charles, Madson (V)
    Gol: Riascos (V), aos 15 min do 1º tempo

    Por Folhapress

    Mais lidas

    1. Treinadores reclamam da arbitragem no Amazonense de base

    2. Judoca amazonense disputa Mundial Júnior na Croácia

    3. Inscrições para 8º edição da Corrida Cidade de Manaus abrem nesta quarta

    4. Dificuldades em aprender Matemática? Escola promove Festival de Xadrez para auxiliar o aprendizado de alunos

    5. Brasil mantém 2ª lugar de ranking da Fifa; cabeças de chave são confirmados