Fonte: OpenWeather

    Esportes


    Palmeiras iguala melhor marca do ano sem sofrer gol

    Melhor defesa do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras igualou na vitória por 3 a 0 sobre o Avaí, na quarta-feira (8), sua maior sequência de jogos sem sofrer gols na temporada. A partida contra a equipe catarinense foi a quarta consecutiva do time alviverde sem ser vazada – também parou os ataques de São Paulo, Chapecoense e Ponte Preta.

    Só no Paulista, quando enfrentou adversários em tese menos qualificados que os atuais, o goleiro Fernando Prass ficou tanto tempo sem ser batido.

    A sequência do primeiro semestre incluiu vitórias sobre Rio Claro, São Bento, Penapolense e Capivariano.

    O crescimento da defesa palmeirense coincide com a chegada do técnico Marcelo Oliveira. Desde que ele chegou ao clube, foram cinco jogos, com quatro vitórias e apenas um gol sofrido (contra o Grêmio, em sua estreia).

    No campeonato todo, a equipe foi vazada apenas oito vezes, mesma marca do Corinthians, que, no entanto, tem um jogo a menos.

    Só que o quarteto titular da defesa terá de ser desfeito na próxima rodada do Brasileiro. Contra o Sport, no domingo (12), o lateral esquerdo Egídio e o zagueiro Victor Ramos terão de cumprir suspensão.

    Além disso, o zagueiro Vitor Hugo, que sofreu uma concussão na cabeça contra o Avaí, é dúvida. Assim, é possível que apenas um dos habituais titulares, o lateral direito Lucas, vá a campo.

    O Palmeiras é o quarto colocado do Brasileiro. Tem 21 pontos, cinco a menos que o Atlético-MG, líder da competição. A equipe pode ser ultrapassada ainda nesta quinta-feira (9) por Corinthians ou Atlético-PR, que se enfrentam, e Fluminense – encara o Cruzeiro.

    Por Folhapress

    Mais lidas

    1. Treinadores reclamam da arbitragem no Amazonense de base

    2. Judoca amazonense disputa Mundial Júnior na Croácia

    3. Inscrições para 8º edição da Corrida Cidade de Manaus abrem nesta quarta

    4. Dificuldades em aprender Matemática? Escola promove Festival de Xadrez para auxiliar o aprendizado de alunos

    5. Brasil mantém 2ª lugar de ranking da Fifa; cabeças de chave são confirmados