Fonte: OpenWeather

    Esportes


    Santos vence Sport e avança na Copa do Brasil

    Com atuações destacadas de Gabriel e Geuvânio, o Santos conquistou a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil. A vaga foi garantida com uma vitória de 3 a 1 sobre o Sport diante de 8.370 torcedores nesta quarta (22), na Vila Belmiro. O clube de Recife havia vencido o primeiro jogo por 2 a 1. O Santos entrou em campo com a obrigação de vencer por 1 a 0 ou diferença mínima de dois gols.

    Eliminado da Copa do Brasil, o Sport ficou com uma das vagas para a Copa Sul-Americana. O adversário será o Bahia.

    Sem Lucas Lima, suspenso, Dorival Júnior deu a Marquinhos Gabriel a tarefa de alimentar o trio ofensivo. Do outro lado, Eduardo Baptista tentou equilibrar o time com cinco jogadores no setor de meio-campo.

    Os técnicos nem haviam esquentado o assento no banco de reservas e precisaram alterar as estratégias. Logo no segundo minuto, Zeca avançou pela esquerda e lançou Gabriel dentro da área. O atacante recebeu sem marcação e bateu no canto esquerdo para dar a vantagem ao Santos.

    Gabriel teve a chance de ampliar três minutos depois, mas concluiu sobre o gol de Danilo Fernandes. Enquanto o time mandante animava o torcedor com um início elétrico, o Sport era apático.

    Dominante em campo, o Santos não era ameaçado, mas um erro defensivo quase levou o time paulista a sofrer o empate. Aos 22min, Werley tentou cortar bola levantada e cabeceou nos pés de Diego Souza. A finalização do meia desviou no camisa 4 santista antes de sair rente ao travessão.

    Aos 34min, outra falha de um defensor. Desta vez, o lateral rubro-negro Renê recuou errado, Ricardo Oliveira aproveitou para recuperar a posse de bola e cruzar para Gabriel. O jovem de 18 anos mostrou frieza para desviar para as redes.

    Quatro minutos depois, o Sport descontou por meio de Diego Souza. O meia cobrou falta com violência e a bola desviou em Marquinhos Gabriel antes de estufar as redes de Vanderlei.

    Na etapa final, o jogou perdeu intensidade e ganhou tensão. Aos 13min, Renato fez excelente lançamento para Geuvânio e o camisa 11 chutou forte com apenas Danilo Fernandes pela frente para fazer o terceiro gol.

    Quatro minutos depois, Geuvânio carimbou o poste esquerdo do Sport. Diego Souza e Wendel tiveram oportunidades para descontar e colocar o Sport na próxima fase, mas ambos bateram para fora.

    Nos minutos finais, o Santos aproveitou a experiência de Renato e Elano no meio de campo para controlar a posse de bola e garantir a vaga entre os 16 melhores.

    Brasileiro

    Agora as duas equipes voltam suas atenções para o Campeonato Brasileiro, onde os pernambucanos estão em quarto lugar, a apenas dois pontos da liderança, e os santistas aparecem na zona de rebaixamento.

    O Sport vai até Porto Alegre enfrentar o Grêmio às 19h30 de sábado (25). No dia seguinte, o Santos recebe o Joinville na Vila Belmiro, às 11h.

    Santos

    Vanderlei; Victor Ferraz, Werley, David Braz e Zeca; Paulo Ricardo, Renato e Marquinhos Gabriel (Elano); Geuvânio, Gabriel (Rafael Longuine) e Ricardo Oliveira (Nilson)
    T.: Dorival Júnior

    Sport

    Danilo Fernandes; Ferrugem, Éwerton Páscoa, Durval e Renê; Rithely (Wendel), Rodrigo Mancha, Marlone (Samuel), Diego Souza e Élber (Régis); André
    T.: Eduardo Baptista Estádio: Vila Belmiro, em Santos

    Árbitro: Paulo Henrique de Melo Salmazio (MS)
    Gols: Gabriel, a 1 e aos 35, e Diego Souza, aos 39 min do 1º tempo; Geuvânio, aos 12 min do 2º tempo
    Cartões amarelos: Victor Ferraz, Ricardo Oliveira, Werley, Elano, Vanderlei (SAN), Ferrugem, Renê e Rodrigo Mancha (SPO)
    Público: 8.370 pagantes
    Renda: R$ 192.185,00

    Por Folhapress

    Mais lidas

    1. Treinadores reclamam da arbitragem no Amazonense de base

    2. Judoca amazonense disputa Mundial Júnior na Croácia

    3. Inscrições para 8º edição da Corrida Cidade de Manaus abrem nesta quarta

    4. Dificuldades em aprender Matemática? Escola promove Festival de Xadrez para auxiliar o aprendizado de alunos

    5. Brasil mantém 2ª lugar de ranking da Fifa; cabeças de chave são confirmados