Fonte: OpenWeather

    Esportes


    Segurança da Rio-2016 terá o dobro de homens dos Jogos de Londres

    JPE-Arcos-Olimpiadas-20150520-3

    Cerca de 85 mil homens serão destacados para a segurança dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio. Desses, 38 mil pertencem às Forças Armadas. Os números foram divulgados nesta quinta-feira (30), pela Comissão Estadual de Segurança Pública e Defesa Civil para os Jogos Rio-2016.

    O contingente é mais do que o dobro das Olimpíadas de Londres, em 2012, quando foram empregados 42 mil homens, principalmente visando ao combate a ataques terroristas.

    Mas, para a Rio-2016, o diretor do Departamento de Integração do Sistema Brasileiro de Inteligência, Saulo Moura, afirmou que a ameaça de terrorismo é baixa.

    "Fizemos simulações com uma possível ameaça. Percebemos que com as medidas de segurança tomadas o risco de um ataque ser bem sucedido é baixo", afirmou.

    Mesmo com o baixo risco de ataques terroristas, Andrei Rodrigues, secretário extraordinário de Segurança para Grandes Eventos do Ministério da Justiça, justificou o efetivo que será empregado baseado no número de delegações que irão participar.

    "Esse não é somente o maior efetivo usado em uma Olimpíada. É o evento com a maior quantidade de competições, atletas, países. A segurança das instalações passou a ser também uma atividade do setor público e isso também aumenta o número de pessoas empregadas. É difícil fazer um comparativo com situações distintas."

    O secretário se referia a seguranças particulares utilizados em Londres, nos locais de competição. No Rio, a segurança dessas regiões ficará a cargo da Força Nacional de Segurança.

    Em relação a outros grandes eventos realizados na cidade desde o Pan 2007 a novidade será a criação do Centro de Inteligência, para combater ataques terroristas.

    ORÇAMENTO BILIONÁRIO

    Segundo a comissão, o orçamento para os Jogos passará a cifra de R$ 1 bilhão. Por parte do Ministério da Defesa, o investimento será de R$ 580 milhões. Já o governo do Estado do Rio investiu até o momento cerca de R$ 750 milhões.

    Entre os equipamentos investidos para a segurança dos Jogos estão delegacias móveis, centros de comando e controle integrados móveis, e câmeras acopladas em helicópteros.

    Por Folhapres

    Mais lidas

    1. Treinadores reclamam da arbitragem no Amazonense de base

    2. Judoca amazonense disputa Mundial Júnior na Croácia

    3. Inscrições para 8º edição da Corrida Cidade de Manaus abrem nesta quarta

    4. Dificuldades em aprender Matemática? Escola promove Festival de Xadrez para auxiliar o aprendizado de alunos

    5. Brasil mantém 2ª lugar de ranking da Fifa; cabeças de chave são confirmados