Fonte: OpenWeather

    Esportes


    Clube paulista demite executivo indicado por Abilio Diniz

    O São Paulo demitiu seu CEO, Alexandre Bourgeois, no início da noite desta quinta-feira (10). O executivo, que tinha o empresário Abílio Diniz como padrinho, deixa o clube três meses depois de ser contratado pelo presidente Carlos Miguel Aidar.

    Na reunião que definiu a saída de Bourgeois, Aidar disse a seus diretores que o projeto de profissionalização será mantido.

    A Folha apurou que o São Paulo explicará a decisão em nota, dizendo que a falta de resultado nos três meses e a ausência de sugestões de soluções para o clube pesaram para a demissão.

    Apesar da justificativa oficial, Bourgeois já vinha sendo acusado há algumas semanas de vazar informações. Na última sexta (4), durante entrevista em que apresentou o plano de profissionalização do clube, Aidar ironizou o CEO, dizendo que queria ele tinha planos ambiciosos, e não sabia como ele faria isso. Bourgeois estava na plateia.

    A diretoria do time tricolor deve anunciar nesta sexta (11) o novo profissional que ocupará o cargo.

    Na semana passada, em coletiva de imprensa, o presidente da equipe do Morumbi anunciou um novo organograma para a gestão e ironizou Bourgeois.

    Por Folhapress