Fonte: OpenWeather

    Esportes


    Em noite de golaços, Espanha e França vencem clássicos

    Na noite desta sexta-feira (13) os torcedores de França, Espanha e Bélgica não tiveram pesadelos.

    Em amistosos de alto nível, a Bélgica bateu a Itália de virada, a Espanha furou o ferrolho inglês com dois golaços e a França passou com autoridade pela Alemanha, com direito a linda jogada de sua mais nova estrela, Anthony Martial.

    A jogada de Martial, atacante contratado pelo Manchester United nesta temporada, lembrou os tempos áureos de Thiery Henry, estrela a quem é recorrentemente comparado.

    O atacante recebeu lançamento na ponta esquerda, deixou o primeiro marcador no chão, entrou na área, entortou o segundo apenas com o corpo e rolou a bola para Olivier Giroud completar com tranquilidade para abrir o placar no Stade de France, em Paris.

    Giroud foi substituído por Gignac, no segundo tempo, e assistiu seu substituto sacramentar a vitória com um gol de cabeça.

    CATEGORIA

    A Espanha venceu a sensação das eliminatórias da Euro-16. A Inglaterra, que teve 100% de aproveitamento nos 10 jogos de sua campanha, foi a Alicante e viu os Espanhóis pressionarem o jogo inteiro até marcarem dois golaços.

    O primeiro veio com um voleio da entrada da área de Mario Gaspar, lateral esquerdo do Villareal, encobrindo Joe Hart, após belo passe de Fábregas.

    O segundo foi de Santi Cazorla, que, da meia-lua, bateu de chapa no canto esquerdo de Hart, sem chance para o goleiro.

    Apesar da vitória espanhola, Diego Costa decepcionou novamente. Contra a Inglaterra, em Alicante, na Espanha, o atacante naturalizado espanhol passou em branco e manteve a péssima marca de apenas um gol pela seleção. Este foi seu oitavo jogo com a camisa da Fúria.

    Com o fim das eliminatórias para a Eurocopa-16, o jornal espanhol Marca, promoveu uma enquete para saber quais jogadores os torcedores espanhóis convocariam para o torneio. Diego Costa, em má fase também no Chelsea (ING), ficou de fora.

    BOA FASE

    A Bélgica manteve a boa fase e mostrou porque lidera o ranking de seleções da Fifa. Em Bruxelas, a equipe recebeu a Itália e venceu de virada por três a um, após ver o adversário abrir o marcador aos dois minutos.

    Os belgas souberam manter a tranquilidade e empataram com rapidez, aos 12, com belo gol de peixinho do zagueiro Vertonghen.

    Os outros dois gols vieram no segundo tempo, com a estrela De Bruyne, e de Michy Batshuayi, que substituiu o atacante Lukaku.

    Por Folhapress

    Mais lidas

    1. Treinadores reclamam da arbitragem no Amazonense de base

    2. Judoca amazonense disputa Mundial Júnior na Croácia

    3. Inscrições para 8º edição da Corrida Cidade de Manaus abrem nesta quarta

    4. Dificuldades em aprender Matemática? Escola promove Festival de Xadrez para auxiliar o aprendizado de alunos

    5. Brasil mantém 2ª lugar de ranking da Fifa; cabeças de chave são confirmados