Fonte: OpenWeather

    Esportes


    Thiago Pereira abdica de 'maratona' e nada só uma prova em seletiva olímpica

    O medalhista olímpico pretende cair apenas uma vez na água durante a competição- foto: divulgação/CBDA
    O medalhista olímpico pretende cair apenas uma vez na água durante a competição- foto: divulgação/CBDA

    A tática de Thiago Pereira, 29, para a disputa do Brasileiro Sênior/Torneio Open, primeira seletiva olímpica da natação brasileira, está traçada: poupar esforços.
    O medalhista olímpico pretende cair apenas uma vez na água durante a competição, que ocorre até sábado (19) na piscina da Unisul, em Palhoça, Santa Catarina.

    Pereira nadará apenas os 200 m medley, na sexta-feira (18). Ele tentará fazer um tempo expressivo já na parte da manhã para cravar o índice e não ter de competir à tarde.

    O fluminense é conhecido por encarar uma maratona de provas em competições nacionais e internacionais. Nos Pans de 2007, no Rio, e 2011, em Guadalajara, por exemplo, conquistou oito medalhas em cada um.

    Agora, porém, até por não possuir mais a resistência de temporadas passadas, mudou a estratégia. Quer disputar menos provas.

    Se para Londres-2012 obteve classificação para quatro eventos (200 m medley, 400 m medley, 200 m costas e 100 m costas), agora ele quer se dedicar apenas naquela que é sua distância favorita.

    "Estou bastante motivado. Meu grande foco é os 200 m medley e tentarei de tudo para garantir a classificação já agora", afirmou o atleta, que defende o Minas Tênis Clube e até esta terça-feira estava nos EUA, participando de campanha de seu fornecedor de material esportivo.

    Ele foi medalha de prata nesta prova no Mundial de Kazan, na Rússia, em agosto. Desde o final de 2013, Pereira tem como base Los Angeles, na Califórnia, onde treina com os técnicos Dave Salo e Jon Urbanchek -este, antigo treinador de Gustavo Borges.

    Pereira abriu mão, por ora, de disputar os 400 m medley, na qual foi vice-campeão olímpico em Londres. A adição ou não dela ainda será considerada para a segunda e definitiva seletiva olímpica, que ocorrerá em abril, no Troféu Maria Lenk, no Rio. A competição também servirá como evento-teste olímpico.

    Por Folhapress

    Mais lidas

    1. Treinadores reclamam da arbitragem no Amazonense de base

    2. Judoca amazonense disputa Mundial Júnior na Croácia

    3. Inscrições para 8º edição da Corrida Cidade de Manaus abrem nesta quarta

    4. Dificuldades em aprender Matemática? Escola promove Festival de Xadrez para auxiliar o aprendizado de alunos

    5. Brasil mantém 2ª lugar de ranking da Fifa; cabeças de chave são confirmados