Fonte: OpenWeather

    Esportes


    Goleiro do Corinthians faz gesto de torcida rival e é alvo de provocações

     Filipe cerrou os punhos e fez um gesto para a torcida do Corinthians - fotos: reprodução
    Filipe cerrou os punhos e fez um gesto para a torcida do Corinthians - fotos: reprodução

    O goleiro Filipe, do Corinthians, defendeu duas cobranças na derrota da equipe na disputa de pênaltis contra o Flamengo, nesta segunda-feira (25), na decisão da Copa São Paulo de futebol júnior. Apesar do bom desempenho, o jogador comemorou de uma forma um tanto quanto inusitada, e irritou torcedores do clube alvinegro.

    Após defender uma das cobranças, Filipe cerrou os punhos e fez um gesto para a torcida do Corinthians. O sinal, no entanto, é feito frequentemente por torcedores do rival São Paulo e também do Flamengo. A comemoração logo virou assunto nas redes sociais e foi alvo de provocações de torcedores adversários.

    Após abrir 2 a 0 no placar e ceder o empate por 2 a 2 no tempo normal, o Corinthians foi derrotado pelo Flamengo nas cobranças de pênaltis, por 4 a 3, e viu o time carioca conquistar o seu terceiro título da Copinha.

    O meia Matheus Pereira, que errou uma das cobranças de pênalti ao dar uma cavadinha, também irritou torcedores corintianos.

    O lance de Pereira não foi exatamente igual, mas lembrou a postura do atacante Alexandre Pato na Copa do Brasil de 2013, quando o então camisa 7 do time alvinegro chutou fraco e parou nas mãos de Dida, nas quartas de final contra o Grêmio. A equipe paulista acabou eliminada, na ocasião.

    Depois da derrota corintiana, o clima ficou quente no vestiário e, enquanto o técnico Osmar Loss dava entrevista coletiva, na sala que fica ao lado do vestiário, alguns gritos foram ouvidos em uma discussão com jogadores.

    Por Folhapres