Fonte: OpenWeather

    Esportes


    Corinthians temeu assinar com promessa santista de 16 anos

    O Corinthians chegou a um princípio de acordo para assinar com o atleta, mas depois recuou - foto: divulgação
    O Corinthians chegou a um princípio de acordo para assinar com o atleta, mas depois recuou - foto: divulgação

    O receio em comprar uma briga com o Santos fez o Corinthians hesitar em contratar um dos principais jogadores da base paulista em 2015. Trata-se de  mais conhecido como Tam. Ele é atacante canhoto, tem 16 anos e disputou a última Copa São Paulo. O contrato entre o jogador e o Santos foi assinado na última sexta-feira após algumas semanas de imbróglio.

    A contratação, em tese, não enfrentava grandes obstáculos jurídicos para o Corinthians. O contrato de formação entre o Santos e Alexandre se encerrou no último dia 26 de janeiro e não havia qualquer vínculo profissional entre as partes. O Corinthians chegou a um princípio de acordo para assinar com o atleta, mas depois recuou.

    Trata-se, na prática, de um caso Vitinho às avessas. Nos últimos dias, o Parque São Jorge está em ebulição pela perspectiva de perder a principal promessa da equipe Sub-15 do Corinthians para o Manchester City. Tudo porque o contrato de formação com o jogador chegou ao fim sem acordo entre as partes.

    Assim, nos últimos dias, o Corinthians avisou o Santos que Alexandre Tam havia sido oferecido, mas que só seria contratado se a direção santista autorizasse o negócio por escrito. O clube da Vila Belmiro, além de não liberar, alcançou o acerto na sexta-feira.

    Entre as situações ponderadas pelo Corinthians estava o risco de boicote nas competições de base do Brasil. Há um acordo entre os principais clubes do Brasil contra o aliciamento de jogadores das divisões de base que, em outros momentos, já deixou São Paulo e Atlético-PR sob pressão.

    Por Folhapress