Fonte: OpenWeather

    Esportes


    Corinthians bate o Cerro e volta à liderança

    Com gosto de revanche, o Corinthians sobrou em Itaquera na noite desta quarta-feira (16), venceu o Cerro Porteño e retomou a liderança do Grupo 8 da Libertadores. Com o placar de 2 a 0, o time se vingou da derrota que teve na semana passada em Assunção para os paraguaios (3 a 2), que, com isso, tiraram a liderança do Corinthians.

    Lucca foi o autor dos dois gols do confronto –no segundo, porém, quem colocou a bola para dentro foi Mareco, mas o árbitro argentino Patricio Lostau deu o gol para Lucca, que cruzou a bola.

    Sem dois titulares –o meia Rodriguinho e o atacante André foram expulsos na quarta passada -, o técnico Tite conseguiu organizar o seu esquema tático, mantendo o 4-1-4-1, e viu a melhor performance do time no ano. Mais que o resultado positivo, os alvinegros chegaram muitas vezes ao gol adversário, tocaram bastante a bola e criaram muitas chances.

    Além de ter feito os gols, Lucca roubou a atenção na maior parte dos 90 minutos, fazendo grande exibição. No segundo tempo, quase marcou um golaço, com direito a lençol e drible no zagueiro. A bola, porém, não entrou.

    Outro que foi muito bem foi o jovem meia Maycon, garoto de 18 anos que fez sua estreia na Libertadores. Correu, deu carrinho, desarmou e deu bons passes: satisfez a torcida e a comissão técnica, substituindo Rodriguinho.

    O rival paraguaio praticamente não deu trabalho. Depois da metade do segundo tempo, chegou a assustar duas vezes o goleiro Cássio, que conseguiu impedir o gol e a reação dos adversários.

    Com a vitória, o Corinthians voltou a ser líder do Grupo 8, com 9 pontos, dois a mais que o segundo e o terceiro colocados, Santa Fe e Cerro, com 7 cada um. O último é o Cobresal, que não tem nenhum ponto no torneio.

    Faltam ainda duas rodadas para terminar esta primeira fase da Libertadores. O time brasileiro só volta a campo daqui a três semanas, contra o Santa Fe, em Bogotá, no dia 6 de abril, às 21h45. O último jogo desta etapa é contra o Cobresal, na arena de Itaquera, no dia 20 de abril.

    Protestos e briga
    A Gaviões da Fiel, maior organizada do Corinthians, voltou a protestar contra Fernando Capez (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa.

    Como promotor, ele foi um dos principais adversários das torcidas organizadas. Agora, como político, é investigado na Operação Alba Branca, que apura desvios de merenda escolar. O parlamentar nega as acusações.

    Durante o jogo, a Gaviões espalhou pequenos cartazes pelo setor norte da arena de Itaquera, com mensagens contra Capez: "CPI da merenda já" e "Quem vai prender o ladrão da merenda?".

    Houve protesto também contra a diretoria do Corinthians. Uma faixa maior surgiu no setor leste, logo acima das placas dos patrocinadores. "Cadê as contas do estádio", dizia a mensagem. A Gaviões da Fiel cobra da cúpula alvinegra que detalhe os gastos e as receitas na arena.

    Assim que o juiz apitou o final do jogo, uma confusão tomou conta do setor norte da arquibancada. Torcedores e policiais, armados com cassetetes, se enfrentaram e houve muita correria. Alguns torcedores tentaram enfrentar os PMs atirando objetos.

    Por Folhapress

    Mais lidas

    1. Treinadores reclamam da arbitragem no Amazonense de base

    2. Judoca amazonense disputa Mundial Júnior na Croácia

    3. Inscrições para 8º edição da Corrida Cidade de Manaus abrem nesta quarta

    4. Dificuldades em aprender Matemática? Escola promove Festival de Xadrez para auxiliar o aprendizado de alunos

    5. Brasil mantém 2ª lugar de ranking da Fifa; cabeças de chave são confirmados