Fonte: OpenWeather

    Esportes


    São Paulo perde no México, mas avança às quartas da Libertadores

    Mesmo com a derrota por 3 a 1 para o Toluca, no México, na noite desta quarta-feira (4), o São Paulo assegurou a classificação para as quartas de final da Libertadores.

    Graças à goleada por 4 a 0 no jogo de ida, no Morumbi, na semana passada, o time são-paulino avançou na competição sul-americana apesar da derrota que contou com o gol único de Michel Bastos. Os atacantes Uribe, duas vezes, e Triverio marcaram para os mexicanos.

    A equipe do Morumbi ainda poderia ter conseguido o empate no segundo tempo quando chegou a empata por 1 a 1 e, logo em seguida, o árbitro colombiano Wilson Lamoroux errou ao marcar falta fora da área em vez de um pênalti sofrido por Centurión.

    Agora, ao São Paulo vai enfrentar na próxima fase do torneio o vencedor de Atlético-MG e Racing (ARG), que se enfrentam também nesta noite. Na ida, na Argentina, houve empate por 0 a 0.

    O JOGO

    Por causa do larga vantagem adquirida no jogo de ida e da altitude em Toluca, Bauza deixou novamente Ganso no banco de reservas e colocou em campo a mesma formação que usou contra o The Strongest, na Bolívia, pela última rodada da fase de grupos.

    Desta vez, no entanto, a proposta do treinador argentino não funcionou como no outro confronto. Mesmo com um início animador, quando conseguiu criar algumas jogadas no campo de ataque, o São Paulo foi envolvido pelo Toluca em todo o primeiro tempo.

    Com muitas dificuldades em marcar os cruzamentos do time mexicano, e sem conseguir contra-atacar, a equipe do Morumbi poderia ter sofrido uma derrota maior que o 1 a 0 antes do intervalo.

    Os mexicanos construíram boas chances na grande área são-paulina, mas só marcaram com o atacante Uribe, aos 17min, após uma rápida cobrança de falta e que contou com um vacilo na marcação dos visitantes.

    Porém, um gol de Michel Bastos logo aos 5min do segundo tempo tornou o jogo mais favorável ao São Paulo até o apito final. Logo em seguida, a equipe brasileira poderia ter virado o placar se o árbitro não errasse ao marcar falta fora da área em vez de um pênalti sofrido por Centurión.

    O jogo chegou a ganhar um pouco mais de nervosismo depois do segundo gol dos donos da casa, marcado pelo atacante Triverio após cruzamento da esquerda, aos 15min.

    Depois, os são-paulinos se propuseram apenas a se defender e buscaram administrar o resultado. Mas, antes do apito final, voltaram a se complicar em cruzamentos do Toluca e levaram o terceiro gol, feito novamente por Uribe.

    Nos acréscimos, Centurión ainda foi expulso por cuspir em um adversário.

    TOLUCA

    Talavera; Aarón Galindo, Paulo da Silva, Jordan Silva e Gerardo Rodríguez; Antonio Rios (Alejandro Navarro), Erbín Trejo (Edy Brambila 22'2ºT) e Esquivel; Cueva, Fernando Uribe e Triverio
    T.: Gustavo Munúa

    SÃO PAULO

    Denis; Bruno, Maicon, Rodrigo Caio e Mena; Hudson, Thiago Mendes, Wesley, Michel Bastos (Centurión) e Kelvin (Caramelo); Calleri (Alan Kardec)
    T.: Edgardo Bauza

    Estádio: Nemésio Díez, em Toluca (México)
    Árbitro: Wilson Lamouroux (Colômbia)
    Gols: Fernando Uribe, aos 17min do 1º tempo; Michel Bastos, aos 5, Triverio, aos 15, e Fernando Uribe, aos 41min do 2º tempo
    Cartões amarelos: Paulo da Silva, Erbín Trejo (T), Hudson, Calleri, Kelvin e Centurión (S)
    Cartão vermelho: Centurión (S)

    Por Folhapress