Fonte: OpenWeather

    Esportes


    Satélite de alta resolução será usado na segurança dos Jogos Rio 2016

    Mascotes dos Jogos Olímpicos do Rio-2015 Vinícius e Tom posam para foto no Maracanã-foto: Rudytrindade/Frame.
    Mascotes dos Jogos Olímpicos do Rio-2015 Vinícius e Tom posam para foto no Maracanã-foto: Rudytrindade/Frame.

    O Brasil terá o apoio de um satélite de alta resolução para reforçar a segurança durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro. O anúncio foi feito no último fim de semana pelo ministro da Defesa, Raul Jungmann.

    Segundo o ministro, o satélite possibilitará fiscalizações bastante detalhadas da cidade durante os eventos esportivos.

    "Trata-se de um satélite israelense de baixa altitude, com capacidade de definição em até 50 centímetros em um espaço de 450 quilômetros. O satélite é capaz de visualizar e identificar objetos, pessoas, carros, mercadorias”, explicou Jungmann.

    O equipamento será usado de forma experimental por seis meses, como complemento da segurança e. futuramente, servirá de apoio na fiscalização fronteiriça, acrescentou o ministro.

    Forças Armadas nos Jogos

    As Forças Armadas vão designar 38 mil militares para cuidar da segurança dos Jogos Olímpicos do Rio, de 5 a 21 de agosto deste ano. Desse total, 20 mil atuarão na cidade-sede e o restante do efetivo será distribuído entre mais cinco cidades que receberão partidas de futebol masculino e feminino: Brasília, Belo Horizonte, Manaus, Salvador e São Paulo.

    A previsão era empregar o efetivo na segurança de fronteiras, instalações dos eventos e escolta de autoridades, deixando o patrulhamento da cidade a cargo das polícias locais.

    No entanto, o governador interino do Rio de Janeiro, Francisco Dornelles, pediu ao presidente interino Michel Temer que as Forças Armadas também atuem no no policiamento ostensivo nas linhas Vermelha e Amarela, na Avenida Brasil e no Aeroporto Internacional Tom Jobim.

    Por Folhapress