Fonte: OpenWeather

    Esportes


    Por final, São Paulo terá que repetir feito único na história da Libertadores

    Perder por dois gols de diferença em casa na fase de mata-mata é algo raro na Libertadores. Recuperar-se é missão quase impossível.

    Após perder por 2 a 0, no Morumbi, na partida de ida da semifinal da competição continental, contra o Atlético Nacional (COL), o São Paulo enfrenta os colombianos, em Medellín, nesta quarta (13), às 21h45, e terá que fazer o que apenas um time conseguiu desde que a Libertadores é disputada no formato atual de mata-mata, a partir de 1989.

    Desde então, em apenas 20 oportunidades o time que jogou a primeira partida em casa saiu perdendo por uma diferença de dois gols, nenhuma delas na fase semifinal.

    E apenas uma vez a equipe em desvantagem conseguiu reverter o placar. O feito foi conquistado pelo América-MEX, nas oitavas de final de 2008, contra o Flamengo.

    Na ocasião, o time carioca venceu o primeiro confronto por 4 a 2, no México, mas sofreu uma derrota acachapante no Maracanã por 3 a 0, com uma atuação de gala do atacante paraguaio Cabañas, que marcou dois gols.

    A missão do América (MEX) foi similar à que o São Paulo terá nesta quarta, com a diferença de que o time tricolor sofreu dois gols a menos que os mexicanos em casa, tornando a tarefa ligeiramente menos difícil.

    Qualquer vitória por dois gols de diferença garantem a vitória ao time tricolor, com exceção do 2 a 0, que leva a decisão para os pênaltis.

    Por outro lado, o São Paulo enfrenta o melhor time da competição. Em 11 partidas do Atlético Nacional na competição, foram oito vitórias, dois empates e apenas uma derrota.

    E se no total o retrospecto já é admirável, em seus domínios o aproveitamento dos colombianos é ainda melhor.

    Nas seis partidas no estádio Atanasio Girardot, o time empatou apenas uma, contra o Huracán (ARG), na última rodada da fase de grupos, quando o time já tinha garantido a classificação com a melhor campanha para as oitavas de final.

    Por Folhapress

    Mais lidas

    1. Treinadores reclamam da arbitragem no Amazonense de base

    2. Judoca amazonense disputa Mundial Júnior na Croácia

    3. Inscrições para 8º edição da Corrida Cidade de Manaus abrem nesta quarta

    4. Dificuldades em aprender Matemática? Escola promove Festival de Xadrez para auxiliar o aprendizado de alunos

    5. Brasil mantém 2ª lugar de ranking da Fifa; cabeças de chave são confirmados