Fonte: OpenWeather

    Esportes


    Bellucci vence, e Brasil volta aos playoffs da Copa Davis

    Bellucci venceu por 3 sets a 1 em uma partida que durou 3 horas e 22 minutos – foto: Cristiano Andujar/CBT
    Bellucci venceu por 3 sets a 1 em uma partida que durou 3 horas e 22 minutos – foto: Cristiano Andujar/CBT

    O Brasil confirmou o favoritismo e ganhou neste domingo (17) a disputa contra o Equador pela fase continental (espécie de segunda divisão) da Copa Davis, em Belo Horizonte, com uma vitória de Thomaz Bellucci sobre Emilio Gomez.

    O jogo foi o quarto dos cinco previstos contra o país e fez a equipe brasileira abrir vantagem de 3 a 1. O triunfo permite que o país jogue em setembro a repescagem para o Grupo Mundial.

    O quinto jogo, que aconteceria entre Rogério Duarte Silva, o Rogerinho, e Roberto Quiroz, foi cancelado.

    Bellucci venceu por 3 sets a 1 em uma partida que durou 3 horas e 22 minutos, com parciais de 7/6, 6/7, 6/2 e 7/5. Embora seja o 49º do ranking mundial, enquanto Gomez é o 317º, o brasileiro não teve um jogo fácil.

    Depois de uma disputa equilibrada no primeiro set, o brasileiro venceu em um tie-break por 13 a 11. Na segunda etapa, perdeu, também no tie-break, por 6 a 8.

    O tenista melhorou no terceiro set e venceu com folga, mas voltou a sofrer com os golpes de Gomez no quarto set, que durou quase uma hora.

    Resultados
    A disputa contra o Equador começou na sexta (15) com uma inesperada derrota de Rogerinho contra Gomez.

    Ainda na sexta, Bellucci venceu Quiroz. A virada brasileira veio neste sábado (16), em um jogo da dupla Bruno Soares e Marcelo Melo contra Gomez e Quiroz, vencida por 3 a 1.

    A dupla do Brasil é uma das favoritas para ganhar medalha na Olimpíada e jogou em uma quadra parecida com a que encontrarão no Rio.

    Depois da partida, Soares disse que a disputa "foi muito útil" como teste antes dos Jogos Olímpicos. "Foi muito legal sentir que a gente está jogando em um nível muito bom", afirmou.

    Antes desta Copa Davis, Brasil e Equador já haviam se enfrentado oito vezes no torneio, com cinco vitórias brasileiras e três equatorianas. A última disputa foi no Equador em 2014, quando os brasileiros venceram por 3 a 1.

    Por Folhapress

    Mais lidas

    1. Treinadores reclamam da arbitragem no Amazonense de base

    2. Judoca amazonense disputa Mundial Júnior na Croácia

    3. Inscrições para 8º edição da Corrida Cidade de Manaus abrem nesta quarta

    4. Dificuldades em aprender Matemática? Escola promove Festival de Xadrez para auxiliar o aprendizado de alunos

    5. Brasil mantém 2ª lugar de ranking da Fifa; cabeças de chave são confirmados