Fonte: OpenWeather

    Esportes


    Com Cícero artilheiro e golaço de joia, Fluminense vence a Ponte Preta em nova casa

    Jogando na sua nova casa, o Fluminense novamente mostrou força. A vítima da vez foi a Ponte Preta, que não segurou o ímpeto dos cariocas: 3 a 0. Cícero foi o grande artilheiro da manhã e marcou duas vezes - um deles, porém, em posição de impedimento, ignorado pela torcida. O lance mais bonito da partida ocorreu no segundo tempo, quando Wellington fez uma pintura ao encobrir o goleiro João Carlos.

    Com a vitória, o Fluminense está com 100% de aproveitamento na sua nova casa, o Estádio Giulite Coutinho, em Edson Passos. O Tricolor chegou aos 24 pontos e pulou para a 10ª posição. Os cariocas voltam a campo na quarta-feira, quando medirá forças com o Figueirense.

    O primeiro gol do Fluminense e de Cícero ocorreu em posição de impedimento, ignorado pelo trio de arbitragem. Além disso, algumas marcações de faltas sinalizações equivocadas minaram a paciência dos jogadores da Ponte Preta, que demonstravam clara irritação durante o jogo.

    A partida entre Fluminense e Ponte Preta marcou o reencontro dos cariocas com jogadores que não deixaram saudade nos torcedores. Os tricolores talvez nem se lembrem, mas Roger já teve passagem pelas Laranjeiras. Jogou apenas um jogo após ser emprestado pelo São Paulo. Os outros dois foram perseguidos pelas arquibancadas. Rhayner até ensaiou uma volta por cima, em 2013, mas acabou deixando o clube no fim do ano. Wellington Paulista é do Fluminense, mas não agradou na temporada passada e está emprestado ao time de Campinas.

    FLUMINENSE

    Diego Cavalieri; Wellington Silva, Henrique, Gum e Willian Matheus; Douglas (Edson), Cícero, Gustavo Scarpa e Samuel (Wellington); Marcos Júnior e Henrique Dourado (Danilinho); T.: Levir Culpi

    PONTE PRETA

    João Carlos; Nino Paraíba, Douglas Groli, Fabio Ferreira e Bruno Lopes; Wendell (Thiago Galhardo), João Vitor, Clayson e Maycon; Rhayner e Roger (Willian Potker). T.: Eduardo Baptista

    Local: Estádio Giulite Coutinho, no Rio de Janeiro (RJ)
    Árbitro: Pablo Almeida da Costa (MG)
    Gols: Cícero, aos 19min do primeiro tempo; Cícero aos 9min e Wellington, aos 25min do segundo tempo
    Cartões amarelo: Gustavo Scarpa, Cícero e Edson (FLU) Clayson, João Vitor, Roger, Douglas Grolli, Fabio Ferreira e Wendell (PON)

    Por Folhapress