Fonte: OpenWeather

    Esportes


    Americana conquista primeiro ouro da Olimpíada Rio-2016

    Virginia Thrasher venceu a prova de carabina de ar 10 metros do tiro esportivo feminino, em Deodoro – foto: site oficial Rio 2016
    Virginia Thrasher venceu a prova de carabina de ar 10 metros do tiro esportivo feminino, em Deodoro – foto: site oficial Rio 2016

    A americana Virginia Thrasher, 19, é a primeira medalhista de ouro da Olimpíada do Rio. Ela venceu neste sábado (6) a prova de carabina de ar 10 metros do tiro esportivo feminino, disputada no Centro Olímpico de Tiro, em Deodoro.

    Ela ganhou a final com 208 pontos, superando a rival chinesa Du Li (207 pontos), que ficou com a medalha de prata. O bronze foi para a chinesa Yi Siling, que fez 185,4 pontos na final.

    A atleta que inaugurou o pódio da Olimpíada do Rio foi uma surpresa. As chinesas estavam entre as favoritas para medalhas. Em suas previsões, a revista "Sport Illustrated" colocou Yi Siling, 27, como provável ouro.

    Nascida na cidade de Roma, no Estado de Nova York, Virginia é estudante. Ela foi eleita a melhor novata do ano pela Conferência de Novatos dos Estados Unidos.

    As medalhas foram entregues pelo presidente do COI (Comitê Olímpico Internacional), o alemão Thomas Bach, e da Federação Internacional de Tiro, o mexicano Olegario Vázquez Raña, no que será a primeira cerimônia de premiação dos Jogos.

    Nessa modalidade do tiro, as atletas precisam acertar alvos fixos a 10 metros de distância, usando carabinas. Quanto mais próximo do centro do alvo, maior a pontuação recebida pelos competidores.

    Prova
    A chinesa Yi Siling liderou a maior parte do início da prova. Na quarta rodada de tiros (de nove rodadas), a chinesa marcou 9,6 pontos, uma pontuação baixa (a pontuação máxima da prova é 10,9) e perdeu a liderança.

    Os competidores começaram então a se revezar na liderança da prova, arrancando aplausos da plateia a cada rodada. Torcedores batiam palmas em ritmo acelerado no momento do tiro, ampliando o clima de ansiedade.

    No final, a jovem americana Virginia Thrasher, classificada como "uma quase desconhecida" pela mídia especializada estrangeira, surpreendeu o público e levou a medalha de ouro.
    Virginia ocupa atualmente a posição de número 23 no ranking da modalidade de tiro de carabina de 10 metros pela ISSF (Federação Internacional de Tiro Esportivo).

    Por Folhapress