Fonte: OpenWeather

    Esportes


    Mesmo pouco utilizado, meia Elano deve renovar com o Santos

    Meio-campista Elano tem grandes chances de prosseguir na Vila Belmiro - foto: Ivan Storti/Santos
    Meio-campista Elano tem grandes chances de prosseguir no time da Vila Belmiro - foto: Ivan Storti/Santos

    O Santos já estuda a possibilidade de renovar o contrato do meia Elano para a próxima temporada. O experiente jogador tem vínculo com o clube paulista até dezembro deste ano. A reportagem apurou que, inicialmente, a diretoria santista pensa em renovar o contrato do meia para que ele dispute a Taça Libertadores do próximo ano, caso o clube paulista se classifique para a competição continental.

    A ideia de renovar com Elano é mais pelo que o meia de 35 anos colabora fora de campo. Ele é visto como exemplo para os mais jovens pela diretoria e exerce até um papel de auxiliar-técnico, com aconselhamentos extracampo e até orientações técnicas.

    Além disso, Elano demonstra sua liderança através do seu desempenho no dia a dia. Mesmo quase não atuando, ele é o primeiro a chegar e o último sair dos treinamentos no CT Rei Pelé.

    Elano deve renovar por mais seis meses, mas pode permanecer no clube mesmo encerrando a carreira de jogador. O clube tem dois planos para ele. Mas o futuro ainda será discutido com o jogador. A ideia é integrá-lo a comissão técnica principal ou utilizá-lo como uma espécie de gerente nas categorias de base.

    O meia seria, na verdade, o ‘novo Zito’ da Vila Belmiro. O ex-volante do Santos, da época de Pelé, teve papel de extrema importância na revelação de jovens talentos -entre eles, Robinho, Neymar, Ganso e Gabigol.

    No entanto, a função de Elano no clube após o encerramento da carreira só será definida após longas discussões com o jogador.

    Apesar de ver tantos pontos positivos, a diretoria do Santos também enxerga que Elano precisa melhorar o seu ‘comportamento estourado’. Por conta disso, o meia coleciona cartões amarelos, mesmo quando está no banco de reservas, e até vermelho, como ocorreu na partida contra o Sport. Neste ano, Elano jogou apenas 12 vezes, não marcou nenhum gol, mas recebeu cinco cartões amarelos e um vermelho.

    No geral, Elano vestiu a camisa do Santos em 319 partidas e marcou 68 gols. Além dos títulos brasileiros, o meia foi campeão da Copa Libertadores da América de 2011, e paulista em 2011, 2012 e 2013.

    Por Folhapress

    Mais lidas

    1. Treinadores reclamam da arbitragem no Amazonense de base

    2. Judoca amazonense disputa Mundial Júnior na Croácia

    3. Inscrições para 8º edição da Corrida Cidade de Manaus abrem nesta quarta

    4. Dificuldades em aprender Matemática? Escola promove Festival de Xadrez para auxiliar o aprendizado de alunos

    5. Brasil mantém 2ª lugar de ranking da Fifa; cabeças de chave são confirmados