Fonte: OpenWeather

    Esportes


    Palmeiras vence e tenta afastar retrospecto negativo na liderança

    Palmeiras decola na liderança do Campeonato Brasileiro 2016 - foto: Cesar Greco/Palmeiras
    Palmeiras decola na liderança do Campeonato Brasileiro 2016 - foto: Cesar Greco/Palmeiras

    O Palmeiras abriu três pontos de vantagem na liderança do Campeonato Brasileiro ao bater o Santa Cruz por 3 a 2, nesta segunda-feira (3), em Pernambuco.

    Os gols palmeirenses foram marcados por Zé Roberto, Leandro Pereira e Róger Guedes. Os mandantes descontaram com Arthur e Grafite, de pênalti.

    Após quatro rodadas sendo seguido de perto pelo vice-líder Flamengo, o time chegou aos 57 pontos e viu o rival carioca, que empatou no sábado com o São Paulo, se distanciar.

    Se depender do retrospecto do clube na reta final da competição nacional, a folga não significa tranquilidade para a equipe alviverde.

    Das dez edições do Brasileiro disputadas no formato de pontos corridos com 20 equipes, apenas duas vezes um time perdeu o título ao chegar no término da 28ª rodada na primeira colocação.

    Curiosamente, nas duas ocasiões o Palmeiras era o líder e com treinadores renomados no futebol nacional.
    A primeira vez foi em 2008. Comandado por Vanderlei Luxemburgo, a equipe dividia a ponta com o Grêmio, ambos com 53 pontos, mas perdeu fôlego e viu o rival São Paulo levantar a taça daquele ano.

    No ano seguinte a história se repetiu, mas o campeão foi justamente o principal adversário deste ano, o Flamengo.
    Com Muricy Ramalho à frente do clube, o Palmeiras chegou ao fim da rodada 28 com cinco pontos de vantagem para o São Paulo, mas uma sequência negativa de três partidas tirou a liderança e o time não conseguiu nem ao menos a classificação para a Libertadores.

    Para não repetir os anos anteriores, o atual treinador Cuca projetou no fim de agosto 74 pontos para dar fim a um jejum de 22 anos do Palmeiras sem comemorar o título do Brasileiro.

    Para atingir a meta, o time precisará de um aproveitamento de 56,6% nos últimos dez jogos que restam. O atual desempenho é de 67,9%.

    O próximo confronto acontece no próximo domingo (9) quando o Palmeiras visita o América-MG, lanterna da competição.

    Para essa partida o técnico palmeirense não poderá contar com Gabriel Jesus, que servirá a seleção brasileira, o zagueiro Yerry Mina e o atacante Lucas Barrios, que estarão com o time nacional da Colômbia e Paraguai, respectivamente, nas eliminatórias sul-americanas.

    Santa Cruz
    Edson Kolln; Danilo Pires, Néris, Danny Morais e Allan (Jadson); Uillian Correia, Derley (Arthur), Pisano (Wagner) e João Paulo; Keno e Grafite. T.: Doriva

    Palmeiras
    Jailson; Jean, Edu Dracena, Vitor Hugo e Egídio (Cleiton Xavier); Tchê Tchê, Moisés e Zé Roberto; Róger Guedes (Thiago Santos), Erik (Leandro Pereira) e Gabriel Jesus. T.: Cuca

    Estádio: Arruda, no Recife (PE)
    Árbitro: Dewson Freitas da Silva (PA)
    Gols: Zé Roberto, aos 32min do 1º tempo; Arthur, aos 10, Leandro Pereira, aos 20, Grafite, aos 24, e Róger Guedes, aos 34 min do 2º tempo
    Cartões amarelos: Grafite, Pisano, Derley, Néris, Danny Morais, Allan (S), Gabriel Jesus e Erik (P)
    Público: 7.184
    Renda: R$ 102.040,00

    Por Folhapress

    Mais lidas

    1. Treinadores reclamam da arbitragem no Amazonense de base

    2. Judoca amazonense disputa Mundial Júnior na Croácia

    3. Inscrições para 8º edição da Corrida Cidade de Manaus abrem nesta quarta

    4. Dificuldades em aprender Matemática? Escola promove Festival de Xadrez para auxiliar o aprendizado de alunos

    5. Brasil mantém 2ª lugar de ranking da Fifa; cabeças de chave são confirmados