Fonte: OpenWeather

    Esportes


    Oswaldo de Oliveira vira favorito para assumir o Corinthians

    Oswaldo-de-Oliveira

    A busca do Corinthians por um novo treinador para a próxima temporada se intensificou nos últimos dias em relação a Oswaldo de Oliveira. O presidente corintiano Roberto de Andrade concluiu que o experiente técnico, campeão mundial de clubes em 2000, é a melhor alternativa.

    Nas últimas horas, diversos empresários receberam contatos da direção do Sport já em busca de um novo treinador para a reta final da Série A, o que reforçou a ideia de que Oswaldo deve deixar o clube pernambucano a qualquer momento.

    Com 3 vitórias nos últimos 14 jogos, o Sport pode entrar na zona de rebaixamento do Brasileiro na quarta-feira (12), caso perca pontos em visita à Chapecoense.

    Inicialmente, a direção do Corinthians, mais especificamente o presidente Roberto e o ex-presidente Andrés Sanchez, se dividia entre quatro nomes. Sobre Roger Machado, a conclusão foi de que se desejava um treinador com mais rodagem.

    Eduardo Baptista, o preferido de Andrés, tem contrato com a Ponte Preta até o fim de 2017 e está decidido a permanecer por lá - inclusive, já trata sobre reforços para o ano que vem. Dorival Júnior também agrada, mas deve permanecer no Santos.

    Nesse cenário, Roberto de Andrade está inclinado a contratar Oswaldo para cuidar do planejamento para o próximo ano. O desejo do presidente é ter não apenas um bom treinador, mas alguém também experiente e com capacidade para contribuir com a gestão do futebol. O clube, vale lembrar, chegou a procurar Oswaldo quando Mano Menezes deixou o cargo, em 2014.

    O principal obstáculo para o retorno do treinador, que também passou pelo Corinthians em 2004, já sem sucesso, é a resistência interna e externa. Desde que levou o Botafogo à Copa Libertadores, Oswaldo dirigiu Santos, Palmeiras, Flamengo e Sport, mas em nenhum teve o mesmo êxito.

    No clube pernambucano desde o fim do Estadual, não conseguiu grande campanha no Brasileiro.

    O coordenador de futebol do Corinthians, Alessandro Nunes, não quis falar sobre nomes, mas admitiu que a equipe deve buscar técnico ainda para este ano.

    "O ano de 2017 está muito longe, então possivelmente vamos ter treinador ainda em 2016. Estamos conversando entre diretoria e departamento de futebol sobre o tema. Possivelmente, chega na reta final do Brasileiro e para a Copa do Brasil. Vamos aguardar os detalhes, mas agora estamos na linha da possibilidade", disse ele à Rádio Bandeirantes.

    Danilo Lavieri e Dassler Marques

    Folhapress

    Mais lidas

    1. Treinadores reclamam da arbitragem no Amazonense de base

    2. Judoca amazonense disputa Mundial Júnior na Croácia

    3. Inscrições para 8º edição da Corrida Cidade de Manaus abrem nesta quarta

    4. Dificuldades em aprender Matemática? Escola promove Festival de Xadrez para auxiliar o aprendizado de alunos